Cronista
Bruno Faria Lopes Jornalista da revista Sábado
Opinião Além do "blitz" de boas notícias 11.05.2017 Bruno Faria Lopes
Opinião Mudar o tom não muda a realidade 16.04.2017 Bruno Faria Lopes
Opinião A venda menos má do BES menos mau 02.04.2017 Bruno Faria Lopes
Opinião A indústria da acção social 19.03.2017 Bruno Faria Lopes
Bruno Faria Lopes A (surpreendente) imunidade de Portugal  18.05.2017 Bruno Faria Lopes
Está a acontecer algo notável com a dívida pública portuguesa: as taxas de juro têm vindo a descer ao mesmo tempo que o Banco de Portugal recua nas compras de títulos portugueses.
Bruno Faria Lopes Além do "blitz" de boas notícias 11.05.2017 Bruno Faria Lopes
A conjuntura foi crucial para António Costa credibilizar a sua solução de Governo. Está por demonstrar que Costa não é um mero gestor de conjuntura.
Bruno Faria Lopes A Caixa é pública, mas não é um centro de saúde 04.05.2017 Bruno Faria Lopes 76
Por entre o espectáculo político montado à volta do fecho de balcões da Caixa Geral de Depósitos parece haver uma espécie de "consenso" da esquerda à direita - um consenso, bizarro, sobre o que significa ter um banco público.
Opinião Contra factos há cada vez mais argumentos 23.04.2017 Bruno Faria Lopes 48
Foi em 2011 que a percentagem de portugueses com um curso superior passou pela primeira vez a de portugueses apenas com o sexto ano de escolaridade. Foi ontem.
Bruno Faria Lopes Mudar o tom não muda a realidade 16.04.2017 Bruno Faria Lopes 47
“Com a esquerda europeia a lutar onde tem o poder, a aliança governativa portuguesa é uma excepção notável”, escreveu a Reuters no final de Março.
Bruno Faria Lopes Os novos "donos disto tudo" estão a prazo 09.04.2017 Bruno Faria Lopes 38
O Novo Banco é o maior símbolo da mudança na estrutura de poderes da economia portuguesa - o banco nasceu, afinal, das cinzas daquele que era o maior centro de poder económico privado em Portugal, o império Espírito Santo.
Bruno Faria Lopes A venda menos má do BES menos mau 02.04.2017 Bruno Faria Lopes
Depois da resolução do Banco Espírito Santo, nos media convencionámos chamar o Novo Banco de "BES bom" e o resto, as cinzas, de "BES mau". A classificação, como percebemos hoje, era errada. O Novo Banco era o "BES menos mau".
Bruno Faria Lopes Quem diz que Dijsselbloem é um radical não percebeu a crise do euro 26.03.2017 Bruno Faria Lopes 54
Este bate-boca entre um político do Norte e políticos do Sul lembra-nos que o fosso político, cultural e social entre Norte e Sul continua aberto - e que, num contexto crescente de populismos nacionalistas, é uma das principais ameaças que pairam sobre a moeda única.
Bruno Faria Lopes A indústria da acção social 19.03.2017 Bruno Faria Lopes 121
Sem pôr em causa a importância das IPSS, é possível criticar vários aspectos da sua acção. A maioria é gerida por voluntários e tem dificuldade em atrair boa gestão. A opacidade é enorme.
Bruno Faria Lopes Não há melhor regulação sem mudar a cultura 12.03.2017 Bruno Faria Lopes 32
Deixemos de lado o contexto: o cerco político, personalizado, ao governador do Banco de Portugal. Há razões objectivas para alterar o modelo de supervisão financeira em Portugal?