Enviar por email
Reportar erro
Camilo Lourenço
Jornalista

Camilo Lourenço é licenciado em Direito Económico pela Universidade de Lisboa. Passou ainda pela Universidade de Columbia, em Nova Iorque e University of Michigan, onde fez uma especialização em jornalismo financeiro. Passou também pela Universidade ...

Camilo Lourenço é licenciado em Direito Económico pela Universidade de Lisboa. Passou ainda pela Universidade de Columbia, em Nova Iorque e University of Michigan, onde fez uma especialização em jornalismo financeiro. Passou também pela Universidade Católica Portuguesa. 

 

Experiência profissional - estágio na secção de Economia do semanário “O Jornal” (1987); estágio no jornal “Correio da Manhã (colunista da secção de Bolsa); jornalista na secção de Economia do jornal “Semanário” (1987); editor de Economia da Rádio Correio da Manhã (de 1988 a 1992); redactor principal do “Semanário Económico” (desde 1988); coordenador da secção Nacional do “Diário Económico” (de que foi um dos fundadores) desde 1990.

Director adjunto da revista “Valor”, que ajudou a fundar (1992). Director da mesma revista (1993), onde se manteve até 1995. Editor de Economia da Rádio Comercial, de 1992 a 1997.

Director editorial das revistas masculinas da Editora Abril/Controjornal: “Exame” (revista que também dirigiu); “Executive Digest”; “Turbo”; “Auto Guia”, “Exame Informática” e “Exame Digital” (de 1995 a 2002).

Comentador de assuntos económicos da Rádio Capital, de 2000 a 2005. Director da revista “Maisvalia” (de 2003 a 2005).

Comentador da RTP e RTP Informação, onde passou também a apresentar o programa “A Cor do Dinheiro”, sobre aconselhamento em Finanças Pessoais (desde 2007). Colunista do “Jornal de Negócios (desde 2007); comentador de assuntos económicos do Rádio Clube Português, de 2008 a 2010, estação onde apresentava dois programas: “Moneybox” (Macroeconomia) e “A Cor do Dinheiro” (aconselhamento financeiro).

Comentador de assuntos económicos da Media Capital Rádios (desde 2010). Numa das rádios do grupo, a M80, apresenta dois programas: “Moneybox” e “A Cor do Dinheiro”, herdados do Rádio Clube Português.

Comentador de assuntos económicos da televisão generalista TVI, onde apresenta “Contas na TV”, programa onde esclarece dúvidas dos telespectadores sobre questões de finanças pessoais.

A par destas funções Camilo Lourenço é docente universitário. Leccionou na Universidade de Lisboa, na Universidade Lusíada e no Instituto Superior de Comunicação Empresarial. Por outro lado lecciona pós-graduações e MBA.

Em 2010, por solicitação de várias entidades (portuguesas e multinacionais), começou a fazer palestras de formação, dirigidas aos quadros médios e superiores, em áreas como Liderança, Marketing e Gestão.

Em 2007 estreou-se na escrita, tendo co-autorado o livro “Como Tornar o Benfica Campeão”. Em 2009 lançou o seu primeiro livro a solo, “Como esticar o Salário e Encurtar o Mês”. Em 2012 lançou “Basta!”, um livro onde analisa os problemas da economia portuguesa e as soluções para os ultrapassar.

 

Contactos do Autor
Facebook
Email
últimos artigos do autor
22:00
Uma das críticas que se ouvem com frequência sobre a intervenção da troika é de que o resgate foi pensado para ajudar os bancos.
27 de Julho
Pronto, lá temos de voltar à Grécia. Eu sei que andamos todos fartos do assunto e que apetece pôr este problema para trás das costas. Mas não pode ser…
26 de Julho
Num dia foram os ataques ao Presidente da República por apoiar a dureza do Eurogrupo face à Grécia (para não falar dos insultos à Alemanha). Dias depois foram os ataques ao governo por este ter dito que os contribuintes podem ver devolvidos 100 milhões de euros da Contribuição Extraordinária de Solidariedade. Ainda na semana passada foram os ataques ao PR por ter reivindicado um governo de maioria absoluta para a próxima legislatura e por confirmar que se a arrecadação fiscal continuar como até agora, parte da CES será devolvida.
23 de Julho
António Costa conseguiu impor a sua vontade na escolha dos candidatos a deputados nas próximas eleições. É normal um líder partidário querer ter um grupo parlamentar à sua imagem?
23 de Julho
O SNS não vai sobreviver se a despesa continuar a crescer ao ritmo dos últimos 15 anos. E se a sociedade continuar a tolerar a corrupção que grassa no sector. Leonor Furtado, inspectora-geral das Actividades em Saúde, apontava ontem a contratação pública (...) como área onde se deve apertar a fiscalização.
21 de Julho
Os resgates à Grécia têm sido muito contestados. Um dos argumentos mais glosado é o de que o programa de ajustamento provocou uma espiral recessiva sem fim. Que o ajustamento destruiu riqueza, não há dúvida: (-25% em cinco anos).
21 de Julho
Marcelo Rebelo de Sousa anda a fazer tudo para se distanciar do Governo. Esta semana, no comentário da TVI, deu mais um passo nesse sentido.
20 de Julho
Nas últimas semanas multiplicaram-se os fazedores de opinião que, de forma quase doentia, insistem na ideia de que a solução para os problemas da Zona Euro é política.
20 de Julho
Há semanas o Tribunal de Contas apareceu com uma estranha crítica às privatizações, alegando que não se salvaguardou os dividendos das empresas alienadas (como se o preço oferecido pelo comprador não refletisse a apropriação dos dividendos).
16 de Julho
Há semanas Miguel Beleza dizia na versão televisiva de "A Cor do Dinheiro" que o BCE e a zona Euro andam a cometer "ilegalidades" há muito tempo. O destaque vai para a política de "quantitative easing, european way".
pub