Cronista
Cristina Casalinho Economista
Cristina Casalinho O último apaga a luz 14.09.2017 Cristina Casalinho
A deterioração das condições de vida para os mais jovens em épocas de crise poderá estar igualmente associada às características do mercado de trabalho.
Cristina Casalinho No bom caminho 17.08.2017 Cristina Casalinho
A presente composição do PIB compara favoravelmente com 2007 ou 2004. As exportações assumem um papel mais destacado do que no passado recente, sendo igualmente a relevância do investimento acrescida.
Cristina Casalinho Saia justa  20.07.2017 Cristina Casalinho
Neste momento, os dados disponíveis nos EUA e Europa apontam para o sucesso da opção política adotada. A economia cresce a ritmos saudáveis, o mercado de trabalho revela pujança. Apenas a inflação desilude.
Cristina Casalinho Revolução industrial 4.0 22.06.2017 Cristina Casalinho 76
Elon Musk (Tesla Motors), a Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Económico (OCDE) e a Finlândia partilham a apologia do rendimento básico incondicional ou universal.
Cristina Casalinho Lições dos nossos filhos 25.05.2017 Cristina Casalinho
A economia portuguesa cresceu 2,8% no primeiro trimestre de 2017, depois de ter crescido 1,4% em 2016 e de ter revelado crescimento anémico por mais de uma década.
Cristina Casalinho O peso das remunerações do trabalho pela lente do FMI 27.04.2017 Cristina Casalinho 23
Segundo os investigadores do FMI, nas economias desenvolvidas, os grandes responsáveis pela queda de peso dos rendimentos do trabalho são o progresso tecnológico e a exposição inicial à rotinização.
Cristina Casalinho Investidores e emitentes face a face 23.03.2017 Cristina Casalinho
Após um longo período de queda de taxas de juro, 2017 oferece uma visão diferente do ciclo, apontando na direção da sua elevação pela batuta da Reserva Federal e justificada pela melhoria do ambiente económico global.
Cristina Casalinho Aproveite a viagem! 26.01.2017 Cristina Casalinho
No início de cada ano, avaliam-se as possíveis tendências dominantes no mercado de capitais. Este ano, tomando o pulso às principais preocupações dos investidores, podemos defrontarmo-nos com doze meses peculiares.
Cristina Casalinho Cinco passas para o Ano Novo   03.01.2017 Cristina Casalinho 27
Como economias mais fortes que a portuguesa provam, torna-se difícil assegurar ritmos de crescimento sustentável superiores a 1% com taxas de natalidade reduzidas quando não compensadas por saldos migratórios positivos.
Cristina Casalinho 2016: Investidores e emitentes face a face 13.12.2016 Cristina Casalinho
Os mercados de dívida pública assistiram a mais um ano de queda de taxas de juro e aumento de maturidade média. Menos visíveis foram as alterações surgidas na sua estrutura.
pub