Cronista
Fernando Sobral Jornalista

Fernando Sobral é jornalista do Negócios. Tem formação em Direito. Iniciou a sua actividade no DN/Jovem tendo passado por diversos órgãos de comunicação social como o Semanário, O Independente, Se7e e Diário Económico. É autor de diversos livros, como “Os Anos Sócrates” (política), “L-Ville” e “Ela Cantava Fados” (novelas) e co-autor de “Barings, O Banqueiro de Portugal” ou “Os Mais Poderosos da Economia Portuguesa”.  

Fernando Sobral O Portugal esquecido 22.10.2017 Fernando Sobral
Em 1892, dentro do seu habitual fascínio pelo abismo, Portugal implodiu financeiramente. Julgou-se, inocentemente, que o sistema político se reformaria, depois de ter chocado com a realidade.
Fernando Sobral Uma nova cultura política 19.10.2017 Fernando Sobral
Da mesma forma que o polícia de "Casablanca" descobre, horrorizado, que se jogava no "Rick's Café", muita da classe política (nacional, distrital e local) ficou agora escandalizada pelo que tornou cinzento o Portugal ao norte do Tejo.
Fernando Sobral E agora, António? 18.10.2017 Fernando Sobral
Quando a política não sabe falar, não sabe decidir. O descrédito da política é o da palavra e da sua utilização sem critério e sem responsabilidade. Quando as palavras não comprometem quem as pronuncia, não podem convencer quem as escuta.
Fernando Sobral Por uma política ecológica 17.10.2017 Fernando Sobral
Constança Urbano de Sousa é, neste momento, um fantasma que assombra o MAI. Presume-se que está lá. Mas, na realidade, é um holograma.
Fernando Sobral A obsessão iraniana de Trump   16.10.2017 Fernando Sobral
Donald Trump investiu contra o Irão, mas ficou praticamente isolado na comunidade internacional. É com atitudes destas que a influência americana no mundo se vai esbatendo.  
Fernando Sobral Os deuses do fogo 16.10.2017 Fernando Sobral
Quando o pinhal de Leiria arde, só sobra uma questão: como é possível tanta incúria, desorganização e incompetência?
Fernando Sobral A DBRS e o futebol 15.10.2017 Fernando Sobral
Numa das grandes obras da literatura brasileira, "Macunaíma", Mário de Andrade coloca o herói do livro a inventar o futebol e adjectiva-o, com alguma bondade, como uma "praga", da mesma família do bicho-do-café e da lagarta-rosada.
Fernando Sobral A onda liberal e o Estado 12.10.2017 Fernando Sobral
Vivemos numa época em que os políticos são os elos mais fracos da sociedade: tudo parece ser culpa deles. Não deixa de ser curioso que isto suceda numa época em que muita da elite económica se diz liberal.
Fernando Sobral O desafio de Santana Lopes 11.10.2017 Fernando Sobral 329
Quando os guerreiros se cansam, desaparecem os heróis. E, na política, há cada vez menos guerreiros e sobram os peões que apenas seguem a rota do poder, sem momentos de exaltação, de dúvida ou de desafio.
Fernando Sobral O país Peter Pan 10.10.2017 Fernando Sobral
A sociedade portuguesa vive alegre com o seu complexo de Peter Pan. Não quer crescer. Pior: envelhece e julga continuar jovem, como Dorian Gray.