Cronista
João Quadros Argumentista

João Quadros nasceu em Lisboa em 1964, é licenciado em gestão e argumentista. Nos últimos 20 anos escreveu para televisão, teatro, cinema, rádio, jornais, etc. Foi um dos autores de programas de comédia de grande sucesso na televisão : Herman Enciclopédia, Contra Informação, O Programa da Maria, Levanta-te e Ri, Os Contemporâneos, Lado B e  O Último a Sair.   Autor do argumento do filme Arte de Roubar, de Leonel Vieira e, entre outras, da peça de teatro Antes Eles que Nós, com Bruno Nogueira, Maria Rueff e Manuel Marques. Foi co-autor do espectáculo Bruno Nogueira a Solo: Sou do tamanho do que vejo e não da minha altura. Actualmente escreve o Tubo de Ensaio, programa diário na TSF, com Bruno Nogueira, o 5 para a Meia-Noite, com Nuno Markl, e a crónica Um Tiro no Porta Aviões, publicada semanalmente no Jornal de Negócios. 

Opinião
Donald e Kim 11.08.2017 João Quadros
Opinião Sordid season 28.07.2017 João Quadros
Opinião Um PSD de contrafacção 21.07.2017 João Quadros
Opinião O ferro-velho de Tancos 14.07.2017 João Quadros
Opinião Às armas, às armas 07.07.2017 João Quadros
Opinião Pedro e o abutre 30.06.2017 João Quadros
Opinião Pedrógão Enorme 23.06.2017 João Quadros
João Quadros A ternura dos 71 16.06.2017 João Quadros
Opinião Santa Cabana da Misericódia 09.06.2017 João Quadros
Opinião Por um punhado de maçons 02.06.2017 João Quadros
João Quadros Donald e Kim 11.08.2017 João Quadros
Acho que se podia resolver o problema da Coreia do Norte com um combate de "wrestling" entre o Trump e o Kim. O Trump é um homem do "showbiz". E aposto que o gordo da Coreia aceitava, porque é do género de fazer "bullying" e pensa que é o maior.
João Quadros Sordid season 28.07.2017 João Quadros 321
Esta estratégia de transformar a "silly season" numa "sordid season" começou com os suicidas de Passos e continuou com os mortos escondidos pelo Governo.
João Quadros Um PSD de contrafacção 21.07.2017 João Quadros 1651
Com personagens como este André Ventura e Hugo Soares, etc, o PSD de Passos Coelho ensaia uma espécie de Trumpismo à portuguesa.
João Quadros O ferro-velho de Tancos 14.07.2017 João Quadros 1542
Faz-me confusão tanto trabalho para roubar 34 mil euros em armas que não funcionam. Vai ter de haver demissões entre os criminosos.
João Quadros Às armas, às armas 07.07.2017 João Quadros 701
Dá a sensação que este assalto ao paiol deu menos trabalho do que ir ao Ikea buscar uma cama. Tenho a teoria de que o assalto ao paiol foi feito por senhoras que vão à abertura das lojas da Primark.
João Quadros Pedro e o abutre 30.06.2017 João Quadros 343
De repente, abriu-se uma nesga. Uma nesga na couraça de sorte e resultados positivos de António Costa. Passos Coelho vislumbrou um calcanhar de Ulisses na geringonça e atacou. Podemos dizer que o resultado foi uma espécie de burro de Tróia.
João Quadros Pedrógão Enorme 23.06.2017 João Quadros 3885
É muito triste escrever sobre o tema desta semana. É triste e monótono. Incêndios em Portugal. Andamos há anos nisto. Gastámos milhões num tal de SIRESP que, em termos de comunicações, acabou por ser como o meu pai com o telemóvel. Dezasseis horas incontactável porque estava no modo silencioso.
João Quadros A ternura dos 71 16.06.2017 João Quadros 155
Se Trump fosse afastado da presidência dos EUA, eu fazia uma festa com foguetes "made in" Correia do Norte. Trump assusta-me. Tenho um bocado de medo que venha para aí uma 3ª guerra mundial que acabe com o mundo e, pior, que impeça o SCP de vencer o campeonato para o ano.
João Quadros Santa Cabana da Misericódia 09.06.2017 João Quadros 209
Se a Santa Casa é responsável por fazer excêntricos todas as semanas, os Bancos têm sido capazes de nos fazer mais pobres todos os dias.
João Quadros Por um punhado de maçons 02.06.2017 João Quadros 314
Para fazerem aquela figura ridícula e terem de usar aqueles títulos parvos, a compensação só pode ser grande - é como nas despedidas de solteiro. Eu falo por mim, a despender algum tempo de forma estúpida preferia jogar badminton.