Cronista
José M. Brandão de Brito
Opinião
Kevin Warsh: um nome a reter 16.10.2017 José M. Brandão de Brito
Opinião A reforma fiscal de Trump… e a ideal 09.10.2017 José M. Brandão de Brito
Opinião O futuro da Europa 02.10.2017 José M. Brandão de Brito
Opinião Uma Alemanha mais próxima da Europa 27.09.2017 José M. Brandão de Brito
Opinião Fábrica de populismos 20.09.2017 José M. Brandão de Brito
Opinião Bolha no imobiliário? 11.09.2017 José M. Brandão de Brito
Opinião Um mercado que não se cansa 24.07.2017 José M. Brandão de Brito
Opinião As revoluções vêm aos pares 12.07.2017 José M. Brandão de Brito
Opinião Maldita história 29.06.2017 José M. Brandão de Brito
Opinião Uma estratégia transformadora para a Europa 21.06.2017 José M. Brandão de Brito
José M. Brandão de Brito Kevin Warsh: um nome a reter 16.10.2017 José M. Brandão de Brito
Tenho poucas dúvidas de que a opção mais acertada para Trump e para a economia dos EUA seria colocar Kevin Warsh à frente da Reserva Federal.
José M. Brandão de Brito A reforma fiscal de Trump… e a ideal 09.10.2017 José M. Brandão de Brito
Na realidade, se Trump abdicasse de cortar os impostos aos muito ricos e às multinacionais americanas, poderia usar esses recursos para efetuar uma redução expressiva da TSU, com enormes benefícios para a economia e para o emprego.
José M. Brandão de Brito O futuro da Europa 02.10.2017 José M. Brandão de Brito
No discurso que ficou conhecido por "whatever it takes", no verão de 2012, Mario Draghi garantiu que a moeda única sobreviveria ao turbilhão da crise da dívida pública da periferia.
José M. Brandão de Brito Uma Alemanha mais próxima da Europa 27.09.2017 José M. Brandão de Brito
O mundo está a mudar e a Alemanha também. Como é óbvio, sem uma Alemanha unida não há projeto europeu e muito menos um aprofundamento do processo de integração.
José M. Brandão de Brito Fábrica de populismos 20.09.2017 José M. Brandão de Brito
Wolfgang Schäuble voltou a criticar a política monetária do BCE por esta fabricar populismos na sociedade alemã. Presumivelmente, a sua intenção foi tentar esvaziar as pretensões da direita nacionalista nas eleições legislativas deste fim de semana.
José M. Brandão de Brito Bolha no imobiliário? 11.09.2017 José M. Brandão de Brito 105
De acordo com o INE, os preços do imobiliário em Portugal estão a crescer 8%. Com as taxas de juro tão baixas começa a surgir a preocupação: estaremos perante a formação de uma bolha especulativa? Não me parece.
José M. Brandão de Brito Um mercado que não se cansa 24.07.2017 José M. Brandão de Brito
O que sabemos é que quanto maior for a subida artificial, maior é a dimensão provável do próximo "crash". Posto de outra forma, se o mercado não respira, morre de exaustão.
José M. Brandão de Brito As revoluções vêm aos pares 12.07.2017 José M. Brandão de Brito
Na revolução industrial 1.0, os camponeses tornados excedentários pela revolução verde foram absorvidos por uma indústria em expansão, para a qual, porém, davam um contributo indiferenciado e, logo, modestamente remunerado.
José M. Brandão de Brito Maldita história 29.06.2017 José M. Brandão de Brito
Não é o facto dos índices acionistas americanos estarem em máximos que imuniza a economia de um tropeção.
José M. Brandão de Brito Uma estratégia transformadora para a Europa 21.06.2017 José M. Brandão de Brito
Para a Europa, o sucesso depende da capacidade de se mobilizar em torno de um projeto, que não ferindo o seu âmago identitário, tire partido das novas oportunidades.
pub