Ulisses Pereira
Ulisses Pereira 29 de janeiro de 2018 às 10:25

A calma depois de mais um voo?

Acredito ser de novo tempo para uma correcção ou consolidação de curto prazo na bolsa.
Comente aqui o artigo de Ulisses Pereira

Depois de uns primeiros dias de ano verdadeiramente imparáveis, a Bolsa portuguesa consolidou durante duas semanas, antes de voltar a arrancar e a atingir um novo máximo dos últimos dois anos e meio. Para aqueles que começaram a investir no nosso mercado apenas nos últimos anos, começam agora a perceber a força de um "Bull Market".

As boas notícias sobre a economia portuguesa continuam a chegar e, mesmo quando surge uma ou outra notícia negativa, o mercado tende a dar-lhe pouca importância e continua o seu caminho ascendente. São assim os "Bull Markets", exactamente o oposto dos "Bear Markets" que assolaram a última década da Bolsa portuguesa onde tudo caía sem piedade.

Alguns leitores perguntam-me o que me fará mudar de posição pois pareço, desde há um ano, um touro irredutível. A resposta é fácil - quando o mercado der sinais de fraqueza, quebrando suportes relevantes, será o sinal de alerta. Mas, enquanto isso não acontecer e os sinais de euforia não aparecerem, há que ir seguindo a tendência, a palavra mais poderosa no mundo dos mercados financeiros.

Depois de mais este esticão da semana passada, acredito ser de novo tempo para uma correcção ou consolidação de curto prazo. É assim o ritmo de um "Bull Market". Os momentos de paragem nas subidas fazem parte do processo e devem ser vistos com naturalidade. E se isso se verificar, não colocará em causa o meu optimismo quanto ao futuro da Bolsa portuguesa.

Alguns touros ficarão desiludidos se o mercado, na próxima semana, não continuar esta escalada. Eu, touro assumido há quase um ano, ficarei contente se o mercado retrair ou consolidar como espero. Tem sido este padrão que tem mantido a euforia longe da Bolsa portuguesa e o cepticismo sempre presente. Quando a euforia voltar e os Telejornais abrirem com notícias de Bolsa, aí estarei eu a vasculhar no armário pelo meu fato de urso.

Nem Ulisses Pereira, nem os seus clientes, nem a DIF Brokers detêm posição sobre os activos analisados. Deve ser consultado o disclaimer integral aqui


Analista Dif Brokers
ulisses.pereira@difbroker.com



Saber mais e Alertas
pub