Assinatura Digital. Negócios Primeiro Para ler tudo faça LOGIN ou ASSINE
Camilo Lourenço
Camilo Lourenço 17 de outubro de 2017 às 21:30

A democracia portuguesa está em crise?

Com a tragédia de Pedrógão, o país percebeu a "falência" da Proteção Civil e a incompetência da ministra. E pediu a saída de Urbano de Sousa. António Costa segurou-a.

Quando o Presidente percebeu que a ministra não sairia, desatou a enviar recados (sublimes) sobre a assunção de responsabilidades. Mas como António Costa se fez de sonso, optou por esperar pelo inquérito.

Assinatura Digital. Negócios Primeiro
Para ler tudo faça LOGIN ou ASSINE
Análise, informação independente e rigorosa.
Para saber o que se passa em Portugal e no mundo,
nas empresas, nos mercados e na economia.
  • Inclui acesso ao ePaper, a versão do Negócios tal como é impresso em papel. Veja aqui.
  • Acesso ilimitado a todo o site negocios.pt
  • Acesso ilimitado via apps iPad, iPhone, Android e Windows
Saiba mais
A sua opinião29
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
Anónimo Há 17 horas

É só pessoal fervorosamente adeptos do partido sócrates a virem para aqui comentar, este pessoal socrático ainda devia ter mais vergonha na cara do que o governo em virem para aqui defender o governo. Deviam ter vergonha de terem votado pelo menos uma vez no socrates e no seu partido outra vez e de

Desanimado Há 2 dias

Não se contentem com o artigo, vejam também o fofinho "jornalista econômico" a fazer um número de circo:
https://www.youtube.com/watch?v=MdbNjnOulHw&t=14s
Ó fofinho camilo no tempo do teu querido líder o Siresp funcionava às mil maravilhas, o território estava todo ordenadinho, os meios eram gigantescos (até 180 milhões foram retirados à proteção civil) e não havia voluntarismo nem amadorismo.Não era fofinho?? O governo do teu querido líder teve apenas SORTE de não ter havido uma tragédia desta dimensão senão as consequências eram precisamente as mesmas e provavelmente estavas aqui a desculpá-los, não é fofinho? Deus queira que não seja tão cedo, mas se um dia tivermos um terremoto como o de 1755 (que um dia irá acontecer) sempre quero ver que preparação terá o pais independentemente do governo que lá estiver. Na altura lá virão as ladainhas do costume e a culpabilização do governo em funções.

Como confiar em gente de esquerda?- Só batota Há 2 dias

Como confiar em gente de esquerda? São deturpadores, mentirosos, manobradores e com falta de pudor . A União europeia diz.-nos que, em Portugal, já arderam mais de 500,000 hectares de floresta, mas em portugal, fala-se em 330.00'0 hectares. Enganam-nos para quê e por quê?

GOVERNO NENHUM DE ESQUERDA, DEU CERTO Há 2 dias

A democracia portuguesa, é de tarar. Uns tantos bandalhos de esquerda, querem porque querem, impor os seus pontos de vistas e formulas a quem não os quer e não os deseja. De democratas, não teem nada, não respeitam os ideais e desejos dos outros. O saber, não é apanágio da esquerda, são ditadores

ver mais comentários
Notícias só para Assinantes
Exclusivos, análise, informação independente e credível. Para saber o que se passa em Portugal e no mundo, nas empresas, nos mercados e na economia. Inclui acesso à versão ePaper.
Mais uma forma de ler as histórias
da edição impressa do Negócios.
Se ainda não é Assinante Saiba mais
pub