Assinatura Digital. Negócios Primeiro Para ler tudo faça LOGIN ou ASSINE
Camilo Lourenço
Camilo Lourenço 17 de setembro de 2017 às 21:30

"A dívida permanece a quarta maior do mundo"

Quando uma agência de rating surpreende ao elevar a dívida portuguesa à categoria de ativo investível, a euforia é inevitável. Sobretudo por parte de quem detém o poder, que aproveita a ocasião para se apropriar dos louros (que na verdade deviam ser divididos com a troika). Não é que a economia não esteja no bom caminho. Está, embora devêssemos estar a fazer mais; isto é, sanear as contas públicas segundo critérios estruturais.

Voltemos à subida do rating e à euforia. Das quatro razões avançadas pela Standard & Poor's para subir a notação da República (reforço do crescimento, redução continuada do

Assinatura Digital. Negócios Primeiro
Para ler tudo faça LOGIN ou ASSINE
Análise, informação independente e rigorosa.
Para saber o que se passa em Portugal e no mundo,
nas empresas, nos mercados e na economia.
  • Inclui acesso ao ePaper, a versão do Negócios tal como é impresso em papel. Veja aqui.
  • Acesso ilimitado a todo o site negocios.pt
  • Acesso ilimitado via apps iPad, iPhone, Android e Windows
Saiba mais
A sua opinião23
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
Tenha vergonha seu geringonceiro, fale verdade 19.09.2017

Seu geringonceiro, você é um mentiroso compulsivo, sabe muito bem que a divida deixada por Sócrates não era de 94% do PIB e nem a divida deixada pelo o governo anterior, era de 134%, embora o montante do PIB tenha baixado. A divida bruta era de 128% embora houvesse 18 mil milhões que a baixariam.

Geringonceiro 18.09.2017

O PSD caiu em desgraça.Em Lisboa vai levar uma"porradona".O CDS já o ultrapassa nas intenções de voto em Lisboa. E agora vamos ver o que acontece no resto do país.Pelo andar da carruagem,vaidesaparecernas grandes cidades.Claro que ganhará em algumas até 10 000 habitanes.Vai ser essa a sua consolaçao

Geringonceiro 18.09.2017

Este ato de constantemente esgrimirmos nºs da dívida, já satura.Mas o certo é que Passos mandou a dívida de 94% para 134%. Isto não pode ser enterrado nas catacumbas.Passos Coelho elevou a dívida em cerca de 40%. Está "escrito" nas estrelas.Passos enterrou o país. Passos governou favorecendo lobis !

TinyTino 18.09.2017

Camilo, o flat earther da economia

ver mais comentários
Notícias só para Assinantes
Exclusivos, análise, informação independente e credível. Para saber o que se passa em Portugal e no mundo, nas empresas, nos mercados e na economia. Inclui acesso à versão ePaper.
Mais uma forma de ler as histórias
da edição impressa do Negócios.
Se ainda não é Assinante Saiba mais
pub