Camilo Lourenço
Camilo Lourenço 16 de maio de 2012 às 23:30

A Espanha está a pedi-las. Está, está

Mariano Rajoy conseguiu já coleccionar, no pouco tempo que leva de governo, um impressionante rol de disparates.
Mariano Rajoy conseguiu já coleccionar, no pouco tempo que leva de governo, um impressionante rol de disparates. Primeiro, foi a Bruxelas dizer que não ia respeitar o défice orçamental de 2012… sem "negociar" primeiro com a Comissão (e proclamando a rebelião em público). Depois, deixou que o ministro da Economia e o das Finanças andassem semanas a fio a dizer coisas diferentes. Sobre os mesmos assuntos.

O mais recente episódio deste rol de desacertos aconteceu a propósito da banca: o Governo de Rajoy exigiu que os bancos arranjassem mais 28 mil milhões de euros para reforçar os seus balanços (a terceira "reforma" em dois anos). Qualquer governante com dois dedos de testa, antes de falar sobre a banca, teria pensado: "Desta vez é melhor acertarmos; senão lá se vai a credibilidade". A avaliar pela reacção dos mercados, parece que Rajoy desperdiçou mais uma oportunidade…

O que é estranho neste processo é que nem o Governo espanhol, nem a Comissão parecem ter aprendido alguma coisa com o passado recente: o que está a acontecer é tirado a papel químico do caso irlandês (também na banca), que acabou num "bail-out". Ou seja, de anúncio em anúncio vai-se acentuando a descredibilização do Governo espanhol. Descredibilização que, mais dia menos dia, passará da banca para o próprio Estado.

É por isso que não se percebe porque a Comissão e Angela Merkel não deram ainda um valente murro na mesa. É que se a arraia miúda, como a Grécia, está a fazer tremer todo o edifício do Euro, imagine-se se a Espanha fica sem acesso aos mercados (ontem os spreads das obrigações espanholas passaram os 500 pontos base perante as obrigações alemãs)...



camilolourenco@gmail.com
A sua opinião67
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
sergio neves 14.06.2012

Os politicos nao têm vergonha nenhuma, Raroy está a enganar os Espanhois, isto é papel quimico da Irlanda, Grecia e Portugal....

Manuel Borges 01.06.2012

A capacidade deste senhor em tentar endeusar o mercado é deveras fabulosa. Contudo a sua base de argumentação de tal forma é simplista que reduz tudo a uma formula já recessa e que terá forçamente que passar de moda. Os países do Sul não são competitivos porque são uns malandros, ganham de mais e dever-se-iam fazr espelhar nos modelos dos países do Norte,entretanto e enquanto lá não chegarem devem ser castigados e passar pelo purgatório do desemprego, das insolvencias e da falta de auto-estima. Não percebe este lente que em vez de Camilo deviamos designar por Camelo, que estamos a viver uma experiencia que se revela não poder funcionar, economias com diferentes especializações viverem com uma moeda única. Manuel Borges

CFreitas 01.06.2012

Os comentários que regularmente leio nas crónicas do Sr. Camilo já parecem um desporto de tiro ao alvo. Deixei de ouvir foruns desportivos pq já não podia ouvir mais insultos gratuitos e com base em opiniões sem qualquer valor real. Nas crónicas do Sr. Camilo o panorama já parece o mesmo. Não serão os senhores capazes de fazer crítica sem deboche, com nível e com cultura? Ou será que se for assim as crónicas perdem audiência?
Até onde conseguimos baixar????

Joaquim Beirrio 31.05.2012

Este pasquineiro não se apercebe que o delírio integralista está a terminar. O fundamentalismo mercantilista caminha a passos inexoravelmente para a implosão. É uma questão de tempo...

ver mais comentários
pub
Saber mais e Alertas
pub
pub