Assinatura Digital. Negócios Primeiro Para ler tudo faça LOGIN ou ASSINE
Camilo Lourenço
Camilo Lourenço 03 de Novembro de 2016 às 00:01

A espiral da miséria

Nos anos 90, com a despesa pública já a subir, perguntei ao ministro das Finanças de então se não caminhávamos para um beco sem saída. Resposta: o importante é não deixar a despesa aumentar em termos nominais; se a economia continuar a crescer, o peso da despesa no PIB cai.

O argumento está correto… mas tem limites, como se está a ver em Portugal: a economia cresceu 0,39% entre 2000 e 2015 e a despesa subiu de 42,6 para 48,4% do PIB. Isto é, a despesa está a consumir cada vez mais recursos.

Assinatura Digital. Negócios Primeiro
Para ler tudo faça LOGIN ou ASSINE
Análise, informação independente e rigorosa.
Para saber o que se passa em Portugal e no mundo,
nas empresas, nos mercados e na economia.
  • Inclui acesso ao ePaper, a versão do Negócios tal como é impresso em papel. Veja aqui.
  • Acesso ilimitado a todo o site negocios.pt
  • Acesso ilimitado via apps iPad, iPhone, Android e Windows
Saiba mais
A sua opinião106
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
mais votado 00SEVEN Há 4 horas

Chegados a este ponto podemos concluir que as pernas da geringonça são muito mais ávidas do poder que os chamados partidos da direita!
É que eles, para se aguentarem de pé, mudaram a narrativa e é tudo uma maravilha mesmo tendo que engolir crocodilos!

comentários mais recentes
Anónimo Há 4 semanas

ola deos

0

lol Há 4 semanas

Deficit 2,5 %, emigra fascista

PUPM Há 4 semanas

Começo a convencer-me que o camaleão comunista é mesmo demente. Imaginem que o palhaço continua a focar as mesmas aldrabices, mesmo depois de ter sido esclarecido. Sou um português interessado no meu país dentro dos princípios honestos, sem aldrabices e golpes. Não gosto dos comunistas e do PS

Anónimo Há 4 semanas


FP e CGA - SEMPRE A ROUBAR À GRANDE

E não deixa de ser anedótico que o contribuinte que vê a sua reforma cada vez mais longe e mais baixa, ainda seja chamado para pagar as absurdas pensões da CGA.

Ano - Receitas CGA / Trf. OE / Desp. Total

2015 - 4.927 / 4.601 / 9.528 Milhões €

ver mais comentários
Notícias só para Assinantes
Exclusivos, análise, informação independente e credível. Para saber o que se passa em Portugal e no mundo, nas empresas, nos mercados e na economia. Inclui acesso à versão ePaper.
Mais uma forma de ler as histórias
da edição impressa do Negócios.
Se ainda não é Assinante Saiba mais
pub
pub
pub