Armando Esteves Pereira
Armando Esteves Pereira 01 de junho de 2017 às 20:29

A sorte de Costa 

António de Costa é um político hábil e um homem de sorte. Apesar da dívida pública gigantesca, o PIB finalmente acelera para um ritmo acima da velocidade de caracol, as contas públicas estão sob controlo e na frente externa está tudo calmo.

E o ciclo económico facilita a gestão do ciclo eleitoral. Desta vez nas autárquicas, o partido que sustenta o Governo não corre o risco de sofrer pelo desgaste da acção do executivo. E se houver a notícia da saída do "lixo" antes das eleições, é mais um trunfo global com potenciais dividendos locais.

 

Nem as eleições locais, nem as discussões à esquerda para a viabilização do Orçamento do Estado, serão sério risco para o Governo. O crescimento económico até facilita as mudanças nos escalões do IRS e darão alguma folga para outros doces que o Governo decida oferecer aos parceiros de esquerda, que têm sido fiéis apoiantes da solução governativa. Mas nem PCP, nem Bloco, estão em condições de quebrar a corda que sustenta a geringonça. Em caso de eleições antecipadas, o PS será o principal beneficiado e os aliados de esquerda correm o risco de perder o poder de influência que agora têm. E como disse Catarina Martins, os partidos não servem para ser jarras.

 

Como indicam as sondagens da Aximage, mensalmente publicadas no Correio da Manhã e Jornal de Negócios, António Costa tem o efeito de eucalipto, quer à direita, quer à esquerda. É o único líder partidário que hoje pode sonhar com uma maioria absoluta.

 

Director-adjunto do Correio da Manhã

A sua opinião3
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
surpreso Há 3 semanas

Quem é este bronco do Armando Esteves Pereira?

antonio Há 3 semanas

A sorte do Costa, como já foi a sorte do seu antigo nº1 socras, é o haver muito mais jornaleiros do que jornalistas. A comentár como se fosse fretes, não falando no que não seja conveniente, admira que não sintam vergonha.

Mr.Tuga Há 3 semanas

O Toine Bosta se joga hoje no euromilhoes GANHA!