Assinatura Digital. Negócios Primeiro Para ler tudo faça LOGIN ou ASSINE
Camilo Lourenço
Camilo Lourenço 09 de Outubro de 2016 às 21:00

À esquerda perdoa-se tudo

Um dia ouvi um político de topo dizer que o ideal é estar nos partidos de esquerda: "Os eleitores", comentava, "tendem a esquecer mais facilmente os sacrifícios impostos pela esquerda. E a comunicação social perdoa-nos tudo".

Lembrei-me disto na última semana, a propósito de três factos. O primeiro foi a escolha (justa!) de António Guterres para secretário-geral da ONU, que mereceu elogios generalizados da classe política. Pergunta:

Assinatura Digital. Negócios Primeiro
Para ler tudo faça LOGIN ou ASSINE
Análise, informação independente e rigorosa.
Para saber o que se passa em Portugal e no mundo,
nas empresas, nos mercados e na economia.
  • Inclui acesso ao ePaper, a versão do Negócios tal como é impresso em papel. Veja aqui.
  • Acesso ilimitado a todo o site negocios.pt
  • Acesso ilimitado via apps iPad, iPhone, Android e Windows
Saiba mais
A sua opinião147
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
mais votado Desanimado Há 4 semanas

Esquerda? Qual esquerda? A esquerda não manda nada! O mundo é "governado" pela direita mesmo que em alguns países subam ao poder governos de esquerda, estão sujeitos a uma globalização selvagem e à pilhagem do poder financeiro (o único poder que manda), de onde o capital ameaça logo fugir a sete pés para rumar a países onde a direita lhes proporciona baixos salários, legislação laboral desregulada, baixos impostos e fraca legislação ambiental.

E portanto o diabólico ciclo da direita está sempre a ser perpetuado originando as flagrantes e escandalosas desigualdades. É como uma chantagem sub-repticia que vai encostando os cidadãos à parede e os obriga a colocar as "direitas" no poder para beneficiar sempre os mesmos da dita direita.

Ó camilo eu sou pela economia de mercado, mas isto já não é economia de mercado isto é A SELVAJARIA INSTITUCIONALIZADA.

Portanto não é uma questão de perdão, A ESQUERDA QUANDO LANÇA IMPOSTOS, (por exemplo) É PORQUE A DIREITA A OBRIGA!

comentários mais recentes
Anónimo Há 4 semanas

A Austeridade de esquerda é ótima e os Papalvos estão contentes!

VOVÓ HELENA DESPEDE-SE Há 4 semanas

UMA LENGA LENGA A APREGOAR QUE O NEGÓCIOS É UM JORNAL " RIGOROSO"- ETC .

CAMILO:

" AGORA NÓS " ...

CAMILÃO FOI DE VELÓRIO DA TVI Há 4 semanas

TAMBÉM JÁ NÃO VAI AOS COMENTÁRIOS NO TELEJORNAL DA MANHÃ DA RTP- POIS JÁ NINGUÉM TEM PACHORRA PARA A ELEMENTARIDADE EM QUE A SUA HOMILIA SE RESUMIA- OH CARLA, NÃO HÁ DINHEIRO NEM ALTERNATIVAS!

FALTA ELE IR DE VELA DAQUI POIS É DE UM SECTARISMO E ELEMENTARIDADE DESCONCERTANTES !

CAMILÃO SACA Há 4 semanas

UM NOVO PANFLETO A MALHAR NOS SOCIALISTAS !

OH HOMEM, O QUE ESPERAS ?! ESTÁS A LER O NEW YORK TIMES ? MEDINA ?!

ver mais comentários
Notícias só para Assinantes
Exclusivos, análise, informação independente e credível. Para saber o que se passa em Portugal e no mundo, nas empresas, nos mercados e na economia. Inclui acesso à versão ePaper.
Mais uma forma de ler as histórias
da edição impressa do Negócios.
Se ainda não é Assinante Saiba mais
pub
pub
pub