Fernando  Sobral
Fernando Sobral 19 de Dezembro de 2016 às 09:45

Alepo e as diferentes consciências do Ocidente

Muito se tem escrito sobre o massacre de Alepo nos últimos dias. Mas as opiniões dividem-se: quem tem mesmo moral para criticar massacres no Ocidente?

No Independent, Robert Fisk põe o dedo na ferida: "Quando Samantha (Power, embaixadora dos EUA na ONU) falou da 'barbaridade contra os civis' em Alepo, lembrei-me de saltar sobre os corpos de civis palestinianos massacrados nos campos de refugiados de Sabra e Chatila em Beirute em 1982, assassinados pelas milícias amigas de Israel enquanto o exército israelita - o mais poderoso aliado dos EUA no Médio Oriente - observava. Mas Samantha não mencionou isso. (…) Depois recordei a monstruosa invasão americana do Iraque. Talvez meio milhão de mortos. (…) Também 'estranhei' saber que o Presidente dos EUA costumava enviar prisioneiros inocentes para serem interrogados … na Síria de Assad. Sim, foram enviados para lá por Washington para ser interrogados no que Samantha agora chama os 'gulags' da Síria." E, pelo meio, Fisk relembra Mossul, onde ainda há mais civis cercados do que Alepo. Sobre isso, silêncio.

No Washington Post, Leon Wieseltier tem uma opinião diferente: "Enquanto observávamos, arranjámos desculpas, e ocasionalmente ornamentámos as nossas desculpas com eloquência. (…) Em circunstâncias de emergência moral (e estratégica) a responsabilidade de Obama não é agitar-nos. E agarrar num telefone." Já no turco Hurriyet, Sinan Baykent, fala da estratégia na zona: "Os poderes internacionais como os EUA, França, Alemanha e Reino Unido investiram fortemente no financiamento do YPG na luta contra o Estado Islâmico. Sabe-se que esses poderes projectam, no futuro, a formação de um estado curdo separado na Síria que acabaria com o isolamento do governo curdo no Iraque na região. Ficarão quietos se a Rússia, a Síria e a Turquia atacarem os seus 'melhores' aliados na região?" Ou seja, cada um lê como deseja.



A sua opinião2
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
Anónimo Há 3 semanas

Você está atualmente à procura de fundos para suas atividades ou reiniciar vossa vida ou para vossos projeto ou para comprar um apartamento, mas infelizmente o banco pede-lhe dos condições onde você é incapaz de responder, mais preocupação, oferecemos fundos para todos os necessitados em um muito ba

Anónimo Há 4 dias

Eu tenho o meu empréstimo entre particulares graças a esta senhora. Ele pode ajudar você, como eu, você que estão em necessidade, é acessível e siga as instruções, você terá o seu empréstimo em 72 horas. Ele é real e não uma piada. Oferta válida de € 5.000 a € 1.000.000.
dsuperant@gmail.com