Raquel Godinho
Raquel Godinho 18 de dezembro de 2017 às 19:40

Alguém consegue bater a bitcoin?

A bitcoin é o investimento do momento. Já superou os 19.500 dólares.

Isto depois de ter começado a negociar na maior bolsa de valores do mundo: os futuros sobre a bitcoin começaram a transaccionar este domingo na CME Group, uma semana depois de a rival de Chicago Cboe Global Markets ter introduzido derivados semelhantes.

Desde o início do ano, a mais antiga e a mais popular das moedas virtuais consegue uma impressionante valorização de quase 1.900%. Mas há quem consiga superar esta subida tão meteórica, sublinha a Bloomberg. Trata-se da Konzum, uma gestora de activos húngara, detida por um amigo do primeiro-ministro, Viktor Orban. Esta empresa dispara mais de 6.000% este ano. Ou seja, mais de três vezes do que a bitcoin. E, aparentemente, não há grandes justificações para esta valorização. A Konzum tem uma capitalização bolsista de 245 milhões de dólares, obteve vendas de 140 mil dólares no primeiro semestre e não é seguida por nenhum analista. "A bitcoin e a Konzum são comparáveis no sentido em que os investidores estão a comprar porque não querem perder os seus ganhos significativos e não necessariamente pelos seus fundamentais", disse Zoltan Varga, analista da Equilor Zrt. Quem vai conseguir travar a euforia?

 

Jornalista

A sua opinião3
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
mais votado RE: "Alguém consegue bater a Bitcoin" ? Há 4 semanas

Um louco conseguirá bater à posteriori a actual ascensão à Ìcaro do Bitcoin apostando em shorts de futuros sobre os Bitcoins, usando estratégias de pull back, alavancagem ligeiramente superior à unidade e precavendo-se de ir prematuramente à falência.
Digo um louco, porque, em minha opinião, só um louco (ou um especialista na previsão de crashes que também os há, eu serei um deles, mas ao menos com a consciência que não terei capacidades de previsão provavelmente superiores a ...lançar uma moeda ao ar !), só um louco, dizia, está a embarcar na bolha do Bitcoin.
Mas sempre houve loucos (recorde-se Newton arruinado na especulação da Companhia dos Mares do Sul) e sempre haverá loucos no mundo (com o devido respeito, veja-se o caso já denunciado por um painel de conceituados psiquiatras do País que teve Homens inolvidáveis como Lincoln e outros como Presidentes, e que hoje tem... quem tem!.).
Assim é probabilisticamente quase certo que alguns loucos acabarão ...bilionários !

comentários mais recentes
Quase tão bom como o Bitcoin Há 4 semanas

Quase tão bom como o Bitcoin seria fazer um Fundo de Investimento não deixando de verificar as exigências legais de capitais próprios, e depois comercializá-lo com comissões ao nível das que estão actualmente a ser cobradas.
A rendibilidade não há muito num intermediário, era da ordem dos 500% sobre os capitais próprios regulamentares, e praticamente sem risco.
É claro que tal situação, para prejuízo dos intermediários mas beneficio dos Investidores, provavelmente não vai durar muito porque, se a ocorrência de tão surpreendente situação é apenas possível em Portugal por a venda dos Fundos ser feitas a universos de clientes por inércia cativos (o défice de concorrência de que em tempos falou o ex-Presidente da CMVM, e de facto uma objectiva situação de oligopólio), é de esperar que, com novas directivas comunitárias obrigando os intermediários a vender Fundos da concorrência, o “maná “ acabe em parte para aqueles, revertendo para os Investidores.

Bitcoin, uma grande oportunidade ? Há 4 semanas

Os livros e a vida ensinaram-me que, a longo prazo, quem acaba por acumular maiores patrimónios não são os investidores arrojados com a coragem do Infante D.Henrique;
São os investidores pouco agressivos, com a prudência do Velho do Restelo !
Esta foi uma conclusão difícil e triste para quem amiúde não se coibiu de imprudentemente procurar a adrenalina do perigo.
Mas não obstante hoje priorizar a prudência relativamente ao arrojo, também defendo que, qualquer oportunidade de investimento com um mínimo de potencial, deve ser sempre minimamente investigada.
Para mim é agora o caso do Bitcoin na perspetiva de a ele aplicar a teoria da previsão dos crash, de recorrer a redes neuronais e de investir short.
Sonho completo ?
Talvez, mas como disse o Poeta Gedeão (o inolvidàvel Professor de Física do Pedro Nunes), é o sonho que comanda a vida

RE: "Alguém consegue bater a Bitcoin" ? Há 4 semanas

Um louco conseguirá bater à posteriori a actual ascensão à Ìcaro do Bitcoin apostando em shorts de futuros sobre os Bitcoins, usando estratégias de pull back, alavancagem ligeiramente superior à unidade e precavendo-se de ir prematuramente à falência.
Digo um louco, porque, em minha opinião, só um louco (ou um especialista na previsão de crashes que também os há, eu serei um deles, mas ao menos com a consciência que não terei capacidades de previsão provavelmente superiores a ...lançar uma moeda ao ar !), só um louco, dizia, está a embarcar na bolha do Bitcoin.
Mas sempre houve loucos (recorde-se Newton arruinado na especulação da Companhia dos Mares do Sul) e sempre haverá loucos no mundo (com o devido respeito, veja-se o caso já denunciado por um painel de conceituados psiquiatras do País que teve Homens inolvidáveis como Lincoln e outros como Presidentes, e que hoje tem... quem tem!.).
Assim é probabilisticamente quase certo que alguns loucos acabarão ...bilionários !

pub