Raquel Godinho
Raquel Godinho 19 de novembro de 2017 às 20:15

Banca espanhola adere à "Black Friday"

A próxima sexta-feira é um dos dias do ano preferidos pelos consumistas. Em quase todo o mundo ocorre a chamada "Black Friday".

Quase todas as marcas aderem e oferecem aos seus clientes descontos variados que, em muitos casos, são aproveitados para antecipar parte das compras natalícias. E, para tirar partido da ansiedade dos consumidores, algumas marcas começam até a prolongar estes descontos por toda a semana.


Em Espanha, não são só as grandes retalhistas que aderem à "Black Friday". A banca não quis ser deixada de fora. E oferece aos seus clientes taxas de juro mais baixas no crédito pessoal. Ofertas que estão disponíveis sobretudo para novos clientes.


Big Bank, ING, Cofidis e Bankinter são as entidades que publicitam nos seus sites estas campanhas. Mas estas condições de financiamento mais vantajosas no crédito pessoal podem acabar por não cumprir com o principal objectivo da "Black Friday". É que os clientes arriscam-se a pagar mais de juros do que aquilo que conseguiram poupar com as suas compras. E naturalmente que estas decisões devem ser bastante ponderadas, tendo em conta a capacidade financeira do agregado familiar, a duração do contrato de crédito e a verdadeira necessidade do bem que está a adquirir. 

pub