Ulisses Pereira
Ulisses Pereira 31 de Outubro de 2016 às 11:10

BCP em busca do primeiro sinal de força

Atribuir as responsa-bilidades das quedas desta semana à fusão das acções é ignorar a História do BCP no mercado.
Os primeiros dias de negociação do BCP, depois da fusão das suas acções, foram marcados por quedas. Logo surgiram comentários sobre o impacto negativo que esta operação teve no título. Mas será que se esqueceram que o BCP cai há anos? Atribuir as responsabilidades das quedas desta semana à fusão das acções é ignorar a História do BCP no mercado em que, nos últimos anos, as quedas são tão frequentes como os dias de chuva em Londres.

Há mais de um ano que defendo publicamente esta operação de fusão, mas sempre sublinhei que isso não resolveria os problemas do Banco. Apesar de ser um passo acertado para a credibilização aos olhos estrangeiros, o fundamental é conseguir solucionar os problemas de capital, voltar aos bons resultados e pagar os Coco`s.

Penso que é positivo para o BCP, o BPI ter apresentado bons resultados e acima do esperado. É importante que os investidores sintam que a Banca pode voltar a ser um sector rentável em Portugal porque os últimos anos têm mostrado exactamente o oposto.

Tenho estado pessimista, há muito tempo, em relação ao BCP mas a acção pode estar quase a dar o primeiro sinal de força no curto prazo. Se o título conseguir romper, consistentemente, a resistência na zona entre os 1,32 e os 1,35, os touros assumem o controlo no curto prazo, abrindo espaço à acção para subir nesse horizonte temporal.

É estranho olhar para o gráfico do BCP e ver no seu histórico valores elevadíssimos, mas isso resulta do ajuste do gráfico para que espelhe a variação real da acção na carteira dos seus investidores. Os suportes e resistências mantêm-se, apenas mudam os números, sempre multiplicados por 75. Mudam-se os tempos, mudam-se os números, mudam-se as vontades?

Nem Ulisses Pereira, nem os seus clientes, nem a DIF Brokers detêm posição sobre os activos analisados. Deve ser consultado o disclaimer integral aqui


Analista Dif Brokers
ulisses.pereira@difbroker.com