Patrícia  Abreu
Patrícia Abreu 21 de dezembro de 2017 às 19:36

Blockchain chega a uma empresa de... Ice Tea

A blockchain promete revolucionar os mais variados sectores. A banca mundial tem realizado várias iniciativas, com vista a não perder o comboio, mas há mais empresas a olhar para o potencial destas tecnologias disruptivas, sobretudo num momento em que a bitcoin - que usa a blockchain - alcança máximos históricos sucessivos.

Mas, não é só o sector financeiro a preparar-se para o futuro. Uma pequena empresa de ice tea, cotada nos EUA, anunciou que vai deixar de se chamar Long Island Iced Tea Corp, para ser a Long Blockchain Corp. De acordo com uma notícia da CNBC, os investidores aplaudiram a mudança de nome. As acções da empresa dispararam mais de 200%, numa reacção eufórica à entrada dos sumos na era blockchain. Em comunicado enviado ao mercado, a companhia informou que "está a mudar o seu principal foco empresarial para a exploração de oportunidades de investimento que alavancam os benefícios da tecnologia blockchain", adianta a mesma notícia. Entretanto, a empresa vai continuar a produzir ice tea e outros sumos. Até porque, pelo sim, pelo não, é melhor jogar pelo seguro. É que a blockchain ainda está numa fase muito inicial e até dar realmente dinheiro ainda pode demorar.

 

Jornalista

pub