Assinatura Digital. Negócios Primeiro Para ler tudo faça LOGIN ou ASSINE
Camilo Lourenço
Camilo Lourenço 16 de agosto de 2017 às 21:30

Como criar um exército de dependentes

Aos poucos o país vai desfazendo o que de bom a troika impôs no plano laboral. Primeiro, foram os aumentos do salário mínimo sem aumento de produtividade. Depois, foi o travão ao corte no subsídio de desemprego se colocasse a prestação abaixo de 421,3 euros.

De seguida veio a discussão sobre as limitações à negociação coletiva. Agora voltou o debate sobre o corte dos subsídios, desta vez aplicável a qualquer prestação.

Assinatura Digital. Negócios Primeiro
Para ler tudo faça LOGIN ou ASSINE
Análise, informação independente e rigorosa.
Para saber o que se passa em Portugal e no mundo,
nas empresas, nos mercados e na economia.
  • Inclui acesso ao ePaper, a versão do Negócios tal como é impresso em papel. Veja aqui.
  • Acesso ilimitado a todo o site negocios.pt
  • Acesso ilimitado via apps iPad, iPhone, Android e Windows
Saiba mais
A sua opinião26
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
mais votado DJ viajante Há 3 dias

As vacas gordas ai estando, é agora tempo de tratar da preguiça com aumentos. Caso nao se saiba a preguiça rende para qauele que trabalha. Ditado socialista. Por falar em quanto vai a divida publica?

comentários mais recentes
Luis figueiredo Há 4 semanas

Camilo o seu salário foi reduzido durante os "bons tempos" (para si, claro) da troika? Você é daqueles que falam muito mas é quando se refere aos outros" pagarem a crise", sim porque no seu caso ninguém viu nada. Sim sei do que falo, vejo a sua folha no final do mês

Concerteza Camilo! Há 4 semanas

E tu és um soldado exemplar!
Quando é que paras de falar e começas a praticar? É que de párias teóricos está este país farto!

JR Há 1 dia

Angariador já temos.

Anónimo Há 3 dias

Temos aqui um Imbecil comuna que gosta de contribuir com os seus impostos para o parasitismo nacional. Absolutamente Fantástico!!!

ver mais comentários
Notícias só para Assinantes
Exclusivos, análise, informação independente e credível. Para saber o que se passa em Portugal e no mundo, nas empresas, nos mercados e na economia. Inclui acesso à versão ePaper.
Mais uma forma de ler as histórias
da edição impressa do Negócios.
Se ainda não é Assinante Saiba mais
pub
pub
pub