Assinatura Digital. Negócios Primeiro Para ler tudo faça LOGIN ou ASSINE
Camilo Lourenço
Camilo Lourenço 12 de Outubro de 2016 às 00:01

Como aumentar o salário mínimo

O Governo anda numa fona para aumentar o salário mínimo. Os empresários aceitam, mas discordam do valor: em vez dos 557 euros do Governo defendem 540 euros (presidente da CIP "dixit").

Porquê tanta ênfase no salário mínimo? Para diminuir as desigualdades?

Assinatura Digital. Negócios Primeiro
Para ler tudo faça LOGIN ou ASSINE
Análise, informação independente e rigorosa.
Para saber o que se passa em Portugal e no mundo,
nas empresas, nos mercados e na economia.
  • Inclui acesso ao ePaper, a versão do Negócios tal como é impresso em papel. Veja aqui.
  • Acesso ilimitado a todo o site negocios.pt
  • Acesso ilimitado via apps iPad, iPhone, Android e Windows
Saiba mais
A sua opinião76
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
mais votado Anónimo Há 4 semanas



PS . BE . PCP - ESTRAGAM A VIDA A 9 MILHÕES DE PORTUGUESES

Para dar mais dinheiro e privilégios a 1 milhão de FP e seus pensionistas.

comentários mais recentes
Anónimo Há 3 semanas

É UM CARECA CABEÇUDO. MAS POUPA NO CHAMPÔ.

Quem avisa, amigo é, sem capital não há progresso Há 4 semanas

Este sabujo que repete vezes sem fim os seus comentários nojentos, pertence a central de intoxicação da geringonça que usa e abusa destes espaços para divulgar propaganda mentirosa e deturpadora. São gente sem um pingo de vergonha e levarão o país para a miséria, é só uma questão de tempo

Anónimo Há 4 semanas


FP e CGA - SEMPRE A ROUBAR À GRANDE

E não deixa de ser anedótico que o contribuinte que vê a sua reforma cada vez mais longe e mais baixa, ainda seja chamado para pagar as pensões da CGA.

Fica aqui a lista do pilim que a CGA consome ao OE (e que todos os contribuintes pagam):

Milhares de € - Pordata

Ano - Receitas CGA / Trf Orç. Estado / Despesa total

2008 - 2.298.320,0 / 3.396.097,0 / 6.705.927,0

2010 - 3.453.777,2 / 3.749.924,6 / 7.489.193,3

2012 - 2.846.863,0 / 4.214.632,7 / 7.196.785,9

2015 - 4.927.319,1 / 4.601.342,3 / 9.528.661,4

Anónimo Há 4 semanas


RACIOCÍNIO do PS, BE, PCP e seus apoiantes

O ensino privado é um escândalo ...

Mas a saúde privada, exclusivamente para FP e seus pensionistas... é uma necessidade imperiosa.

Certo?

Cambada de ladrões

ver mais comentários
Notícias só para Assinantes
Exclusivos, análise, informação independente e credível. Para saber o que se passa em Portugal e no mundo, nas empresas, nos mercados e na economia. Inclui acesso à versão ePaper.
Mais uma forma de ler as histórias
da edição impressa do Negócios.
Se ainda não é Assinante Saiba mais
pub
pub
pub