Rui Barroso
Rui Barroso 28 de agosto de 2017 às 20:40

De Jackson Hole saíram avisos para Donald Trump

A conferência de Jackson Hole já foi palco de alguns importantes anúncios de política monetária. Mas, desta vez, tanto Janet Yellen como Mario Draghi aproveitaram essa ocasião para deixar avisos à navegação.

A maior parte deles em relação aos riscos que algumas medidas defendidas por Donald Trump podem ter para a estabilidade financeira. Sem nunca mencionarem directamente o presidente americano, tanto a presidente da Reserva Federal dos EUA, como o líder do BCE alertaram para os riscos de se desmantelar de forma significativa a regulação construída nos últimos anos para prevenir novas crises financeiras. Isto numa altura em que Trump quer desregular Wall Street. Segundo o Capital Economics, essa é uma das traves-mestras da sua presidência. Há alguns meses, Yellen já esteve certa de que durante uma geração não se assistiria a mais nenhuma grande crise financeira. Mas, diz agora, que não podemos ter certezas que não venham a aparecer novamente e que, mais cedo ou mais tarde, haverá optimismo excessivo. E avisa que para evitar os estragos da crise de 2007/2008 é necessário dar as respostas adequadas. Dez anos depois do início da grande crise, são avisos a ter em conta para a História não se repetir.

 

Jornalista

A sua opinião0
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
pub