Assinatura Digital. Negócios Primeiro Para ler tudo faça LOGIN ou ASSINE
Camilo Lourenço
Camilo Lourenço 23 de Novembro de 2016 às 00:01

Então? Assustaram-se com os mercados?

Há dias, Jens Weidmann, presidente do Bundesbank, dizia ao FT que a Comissão Europeia estava a falhar no seu papel de garante da disciplina financeira na Zona Euro. E vaticinava que só resta aos mercados pressionarem os países para ganharem juízo.

Na 2.ª feira, o Banco de Portugal anunciou que a dívida pública portuguesa pulou para o valor mais elevado de sempre: 133,08% do Produto Interno Bruto (130,4% em igual período de 2015). No mesmo dia, as "yields" da dí

Assinatura Digital. Negócios Primeiro
Para ler tudo faça LOGIN ou ASSINE
Análise, informação independente e rigorosa.
Para saber o que se passa em Portugal e no mundo,
nas empresas, nos mercados e na economia.
  • Inclui acesso ao ePaper, a versão do Negócios tal como é impresso em papel. Veja aqui.
  • Acesso ilimitado a todo o site negocios.pt
  • Acesso ilimitado via apps iPad, iPhone, Android e Windows
Saiba mais
A sua opinião50
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
mais votado surpreso Há 2 semanas

Só os mercados nos podem salvar,como aconteceu com a imposição disciplinar de 2011,sobretudo com esta Comissão Europeia de aldrabões

comentários mais recentes
Inveja e dinheiro,aproveitado por forças ocultas Há 1 semana

É certo que o discurso cheira a bafio,mas eu como português e nacionalista, tenho imensa pena, não terem deixado este país embalar com a pujança que tinha em 1974.Problemas criados com a crise de crescimento, deitaram tudo a perder.O 25 de Abril, foi uma reivindicação dos capitães d A.M. p/dinheiro

Anónimo Há 2 semanas

Sou um moderado de esquerda mas concordo com muito do que li, temos que crescer,atrair investimento FORTE, temos tudo para conseguir, sejamos de esquerda ou de baixo ou de cima ou de direita, o problema é que quem anda na politica tem outras agendas. Era correr com eles todos,voto nominal precisa-se

Discurso Bafiento Há 2 semanas

SINES E ALQUEVA, a Lisnave sempre recebeu os maiores navios, já que era a maior doca seca do mundo. Amigo, não traga para a discussão exemplos da cintura industrial. Na lisnave trabalhavam cerca de 3000 trabalhadores, mas eramos 10M. Quanto à espionagem industrial sempre se fez em todo o lado.

Ver a quantidade de indústrias que desapareceram Há 2 semanas

Ao bafiento,para seu conhecimento,1974 já éramos acusados de espionagem industrial falava-se que a Covina tinha contratado um engenheiroTurco na GM para fabricar em Portugal para brisas de ultima geração. A Lisnave, recebia os maiores navios do mundo para reparação e empregava milhares trabalhadores

ver mais comentários
Notícias só para Assinantes
Exclusivos, análise, informação independente e credível. Para saber o que se passa em Portugal e no mundo, nas empresas, nos mercados e na economia. Inclui acesso à versão ePaper.
Mais uma forma de ler as histórias
da edição impressa do Negócios.
Se ainda não é Assinante Saiba mais
pub
pub
pub