João Quadros
João Quadros 09 de dezembro de 2016 às 10:15

Entrevista com o Diabo

Olá, Diabo. Para começar, queríamos agradecer a sua disponibilidade para esta entrevista.
Entrevistador: Olá, Diabo. Para começar, queríamos agradecer a sua disponibilidade para esta entrevista. Quando recebemos a notícia de que tinha dado o seu acordo, até dissemos: Graças a Deus!
Diabo: Eu é que agradeço a oportunidade que me dão de, finalmente, poder vir a público defender a minha honra. Uma coisa é dizer que eu personifico o Mal, outra é andar a fazer crer que eu nunca chego a horas.
E: Confirmo que combinámos esta entrevista para às nove e apareceu às nove em ponto. Só adiámos um bocadinho por causa do fumo do enxofre.
D: Não há coisa mais abominável do que as pessoas que não são pontuais. O inferno está cheio de pessoas que passaram a vida a fazer os outros esperar por elas. O resto são ditadores e pessoas que conversam à entrada, e saída, de escadas rolantes.
E: Portanto, acha que a sua honra foi posta em causa quando...
D: ... quando o vosso ex-PM disse que eu chegava em Setembro! Fiquei chocado. Até telefonei ao Doutor Marques Mendes, que é o meu advogado. Atenção, isto não é pessoal. Eu até aprecio algumas decisões que ele tomou enquanto PM. Era o tipo de coisas que eu faria. Até posso revelar que aquela ideia de ir além da troika deu origem a um Parque de Horrores no Inferno. Mas dizer que eu vou aparecer em Setembro, quando não combinámos nada, acho de profundo mau gosto.
E: Quer dizer que nunca pensou aparecer em Portugal em Setembro?
D: Nunca. Eu, em Setembro, estive o mês todo na Síria, tirando o último fim- -de-semana, em que fui a uma reunião em Nova Iorque no Goldman Sachs. Em momento algum pensei aparecer em Portugal em Setembro. Nem faço planos para lá ir tão cedo. Eu não sou como Deus. Não sou omnipresente. Tenho um limite de milhas por ano.
E: Portanto, o Doutor Mefisto diz que Passos mente quando afirma, desde meados de Julho, que o senhor vai aparecer em Portugal?
D: Vamos lá ser claros. Eu até já podia ter aparecido em Portugal mas, para isso, era preciso termos chegado a um acordo. O Doutor Passos Coelho estava disposto a vender a alma ao Diabo para que a coisa corresse mal, e o inferno se abatesse sobre todos vocês, mas encarregou o Doutor Sérgio Monteiro de tratar da venda e andámos meses em negociações e não deu em nada.
E: Mas isso é um escândalo!
D: Não. Eu acho que os chineses tinham uma proposta melhor.
E: Quer dizer que os portugueses podem estar seguros de que o Diabo, tão cedo, não vai aparecer em Portugal?
D: Vocês já viram como está o mundo? Tenho o Brexit, a Le Pen nas eleições francesas, o Trump, nunca tive tanto trabalho. É a globalização. Para aí desde mil novecentos e trinta e tal que não tínhamos tantas encomendas.
Entrevistador: Portanto, não adianta o nosso ex-PM insistir?
Diabo: Acho muito complicado. Eu, em 2017, vou andar em "tournée" e única data disponível que tenho é o 13 de Maio, e o que me disseram é que nessa altura nem pensar porque têm os hotéis todos cheios por causa da visita do Papa. Eu não fico ofendido mas, no fundo, isto é não saber o que querem.

top 5

Dos infernos

1. Primeiro-ministro japonês visita Pearl Harbor - desde que não seja de surpresa.

2. Itália prepara sexagésimo quinto governo em 71 anos - o país da chicotada psicológica.

3. Assunção Cristas diz que Sá carneiro e Adelino Amaro da Costa "deram a vida, literalmente, pelo país". - ... iam chocar com as Torres Gémeas?!

4. O relatório de auditoria do TC acusa o Ministério das Finanças de falta de controlo na CGD entre 2013 e 2015 - isto é um eufemismo para preparar condições para a privatização.

5. Cientistas pedem a Donald Trump para combater alterações climáticas - Não sei se combater é o termo certo, tenho receio que Trump mande bombardear a camada de ozono.



A sua opinião4
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
Anónimo 11.12.2016

Portugal só começará a ser bem governado e a sair da crise se aparecer um SALAZAR a tomar conta do País..! Não é em democracia que se faz o que tem de ser feito!!!

Ladrão da Tecnoforma 11.12.2016

Não fosse a sua madrinha Procuradora-Geral da Répública assobiar para o ar, e o biltre do Passos estaria agora na prisão, o ladrão, pelos dinheiros públicos para a formação que roubou na empresa-fantasma TECNOFORMA, em conluio com o outro escroque, o seu comparsa Miguel Relvas.

QUANDO FALTA O TALENTO E SOBRA A MEDIOCRIDADE 11.12.2016

O canalha do Passos Coelho, a quem faltam notoriamente ideias para a governança do pais, a não ser mais e mais austeridade e empobrecimento dos Portugueses, decidiu agora, como manobra de diversão para a sua pobreza mental, cair na ofensa pela ofensa, o que mostra o desespero em que se encontra.

Anónimo 09.12.2016

Excepcional!!
Parabéns, estamos a precisar de enxotar o diabo e o PSD = partido das cunhas e dos tachos

pub
Saber mais e Alertas
pub
pub