Assinatura Digital. Negócios Primeiro Para ler tudo faça LOGIN ou ASSINE
Camilo Lourenço
Camilo Lourenço 13 de fevereiro de 2018 às 22:15

Está na hora de pôr a Câmara de Lisboa em tribunal

A CML vai ter de devolver os cerca de 59 milhões que cobrou indevidamente aos munícipes entre 2015 e 2017 a título de taxa de Proteção Civil porque o Tribunal Constitucional considerou a taxa inconstitucional.

Quando se conheceu a decisão, o Executivo camarário foi apanhado em contrapé. O vereador Ricardo Robles, do Bloco, o mesmo que recusou votar uma proposta de PCP, CDS e PSD para revogar a taxa, até "lembrou" que a CML teria

Assinatura Digital. Negócios Primeiro
Para ler tudo faça LOGIN ou ASSINE
Análise, informação independente e rigorosa.
Para saber o que se passa em Portugal e no mundo,
nas empresas, nos mercados e na economia.
  • Inclui acesso ao ePaper, a versão do Negócios tal como é impresso em papel. Veja aqui.
  • Acesso ilimitado a todo o site negocios.pt
  • Acesso ilimitado via apps iPad, iPhone, Android e Windows
Saiba mais
Notícias só para Assinantes
Exclusivos, análise, informação independente e credível. Para saber o que se passa em Portugal e no mundo, nas empresas, nos mercados e na economia. Inclui acesso à versão ePaper.
Mais uma forma de ler as histórias
da edição impressa do Negócios.
Se ainda não é Assinante Saiba mais
pub