Patrícia  Abreu
Patrícia Abreu 26 de dezembro de 2017 às 17:22

Filmes de Natal também têm lições financeiras

O período é de festa e comemoração em família. E, tal como todas as outras tradições de Natal, há alguns filmes que já fazem parte desta quadra festiva. Clássicos como o Sozinho em Casa, o Amor Acontece ou o Senhor dos Anéis costumam animar a grelha televisiva por estes dias.

Mas o que têm afinal a ver os filmes de Natal com os investidores? De acordo com uma notícia do MarketWatch, há importantes lições que podem tirar-se de alguns dos filmes que fizeram história nos últimos anos. Confiar o dinheiro ao banco e não a um familiar, saber como gerir o orçamento familiar ou até as relações são algumas das coisas que se podem aprender com os filmes de Natal. E a notícia dá vários exemplos. Por exemplo, Sozinho em Casa mostra a importância de ter sempre um seguro. E não basta um seguro qualquer. Tendo em conta a destruição que o pequeno Kevin faz na casa da família McCallisters, seria necessário ter um bom seguro de recheio, para cobrir os prejuízos. Já em White Christmas, um filme mais antigo, a lição é que a inovação pode salvar um pequeno negócio. Conselhos sempre úteis e que se ajustam a vários grupos de investidores. Por isso, se está de férias e tenciona ver algum destes filmes, esteja atento às mensagens subliminares.

 

Jornalista

 

pub