Assinatura Digital. Negócios Primeiro Para ler tudo faça LOGIN ou ASSINE
Camilo Lourenço
Camilo Lourenço 06 de setembro de 2017 às 21:30

Give me a break, mr. prime-minister!

Quando começaram os protestos sobre o paradeiro dos donativos referentes ao incêndio de Pedrógão, pensei que estávamos perante o habitual choradinho das autarquias.

Mormente devido à proximidade das autárquicas, período em que os candidatos perdem a cabeça (como se viu com a promessa do presidente da Câmara de Coimbra de trazer um aeroporto internacional para a região…

Assinatura Digital. Negócios Primeiro
Para ler tudo faça LOGIN ou ASSINE
Análise, informação independente e rigorosa.
Para saber o que se passa em Portugal e no mundo,
nas empresas, nos mercados e na economia.
  • Inclui acesso ao ePaper, a versão do Negócios tal como é impresso em papel. Veja aqui.
  • Acesso ilimitado a todo o site negocios.pt
  • Acesso ilimitado via apps iPad, iPhone, Android e Windows
Saiba mais
A sua opinião21
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
Anónimo Há 2 semanas

Como vês Camilo, mal abres a boca, tens à perna os importados no tal Abril (possivelmente, já ninhadas) de Moscovo, Praga. Argel, Paris , etc. etc. etc., a quem não convém nada que perturbe a "paz" por que "lutaram" e que é defunta nas
suas origens!!!

Anónimo Há 2 semanas

Alguém faça layoff deste tipo, já ninguém pode com isto...

Há gente velhaca e desabrid, tenha juizo Há 2 semanas

Oh seu" get out", não seja parvo. você não é nada e nada manda. Que eu saiba, o país é de todos e ninguém tem o direito de desejar ou opinar com a saída de um cidadão, só porque você não gosta dele Não seja grosso e deselegante, falta-lhe ter tomado chá enquanto criança e deu nisso, num anormal

A javardice não tem limites. E decência Há 2 semanas

muito menos. Foi esplendoroso ver a direita empertigada com os respetivos autarcazitos fazendo coro, perguntando pelo dinheiro dado. Bastou o esclarecimento do 1º Ministro para rapidamente nos apercebermos da triste realidade. Capelões e capelinhas engendradas para baralhar as contas e SACAR MILHÕES

ver mais comentários
Notícias só para Assinantes
Exclusivos, análise, informação independente e credível. Para saber o que se passa em Portugal e no mundo, nas empresas, nos mercados e na economia. Inclui acesso à versão ePaper.
Mais uma forma de ler as histórias
da edição impressa do Negócios.
Se ainda não é Assinante Saiba mais
pub
pub
pub