Fernando  Sobral
Fernando Sobral 10 de Janeiro de 2017 às 09:27

Liberais querem Beppe Grillo. A rainha duvida dos economistas

São tempos de muitas dúvidas. E, especialmente, de poucas certezas.

Ryan Heath, no "Politico/Europe", dá coro a esse sentimento, quando se diz que é preciso sangue novo para o Parlamento Europeu e se fala que o Movimento 5 Estrelas, de Beppe Grillo, pode juntar-se ao grupo europeu dos Liberais, deixando os seus aliados do Ukip britânico. Como se podem juntar ideias que pareciam diferentes? Uns são federalistas, outros contra a UE. Pelos vistos os liberais querem que o 5 Estrelas abrace a Europa. No mesmo "Politico", Paul Taylor escreve: "Os europeus merecem mais do que uma escolha entre dois políticos italianos fracos e um veterano federalista belga fora da onda com a opinião pública como próximo presidente do Parlamento Europeu". Será possível?

Na Grã-Bretanha discute-se o valor da opinião dos economistas. Larry Elliott, no "Guardian", lembra: "Foi preciso ser a rainha a mostrar que o imperador não tinha roupas. Numa visita à LSE em Novembro de 2008, quando estava a chegar uma segunda Grande Depressão, ela fez uma pergunta simples e devastadora: porque é que ninguém reparou que estava chegar? Quase uma década depois a rainha pode estar tentada a atirar outra granada para a fraternidade económica: porque é que se enganaram outra vez por causa do Brexit? (...) Na verdade a profissão de economista teve as suas Cassandras nos dias da crise financeira e nem todos os economistas pensaram que o voto para sair em 23 de Junho fosse um Armagedão instantâneo". No "Spectator", Matthew Lynn faz eco com estas ideias: "Não é preciso repetir que a economia do Reino Unido deslizou através do voto para sair da UE com pouco impacto. O crescimento foi robusto, o emprego está a crescer, e as vendas estão outra vez a crescer. Temos uma das economias mais fortes do mundo desenvolvido. Apresar disso o Banco de Inglaterra via uma recessão, mais desemprego e inflação".



A sua opinião1
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
eduardo.santos Há 1 semana

ECONOMIA..........................a rainha não tem noção alguma de economia---para ela é sempre a somar-....... Contra mim digo : certamente que não há ciência mais incerta que a economia..................os factores que a influenciam são inúmeros,

pub
Saber mais e Alertas
pub
pub