Assinatura Digital. Negócios Primeiro Para ler tudo faça LOGIN ou ASSINE
Camilo Lourenço
Camilo Lourenço 06 de janeiro de 2017 às 00:01

"Lisbona, il Novo Banco è dà liquidare!"

Em vez de aprendermos com os erros dos últimos vinte anos estamos a esforçar-nos para os repetir. Veja-se o "affair" Caixa, onde tudo começou torto e... continua torto. E veja-se o "affair" Novo Banco, onde o Governo finge que tem a faca e o queijo na mão.

Nota: Este artigo está acessível, nas primeiras horas, apenas para assinantes do Negócios Primeiro.

Assinatura Digital. Negócios Primeiro
Para ler tudo faça LOGIN ou ASSINE
Análise, informação independente e rigorosa.
Para saber o que se passa em Portugal e no mundo,
nas empresas, nos mercados e na economia.
  • Inclui acesso ao ePaper, a versão do Negócios tal como é impresso em papel. Veja aqui.
  • Acesso ilimitado a todo o site negocios.pt
  • Acesso ilimitado via apps iPad, iPhone, Android e Windows
Saiba mais
A sua opinião49
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
À COCA Há 2 semanas

Sr primeiro ministro ordene 1,2,3....uma dúzia de auditorias à CGD e dê a CONHECER aos portugueses para que eles saibam aquilo que de verdade se passou na CGD. Chega da camarilha corrupta do PSD não assumir os esquemas e lançar as culpas para o "vizinho".

Caixa foi o Banco para amigos do PS Há 2 semanas

A gente do PS , fizeram a borrada, depois, foram os do PSD, golpes baixos Quem tentou tomar conta do sistema bancário para favorecer amigos e sua politica, foi Sócrates. Começou pelo BPN, quando havia outras soluções, atacou depois o BCP pondo lá Armando Vara e Santos Ferreira. TVI serviu os fins

Rui Alegria Há 2 semanas

O Sr Camilo Lourenço está aparentemente muito preocupado com o sistema financeiro mas condenar os responsáveis não é com ele pois tem que defender aqueles que o sustentam e amigos.Onde anda o dinheiro de todos nós? Enquanto não acabarem os paraísos fiscais a situação será a mesma mas Camilo nada diz

%&%&%&%& Há 2 semanas

Enquanto tivemos os bancos nacionalizados não houve problemas. Apareceu o BCP, começaram a privatizar os bancos e começou a hecatombe. Claro que aqueles que usufruiram dos emprestimos de milhões e não os pagaram, vem p'ra aqui defender com unhas e dentes a privatização da banca.

ver mais comentários
Notícias só para Assinantes
Exclusivos, análise, informação independente e credível. Para saber o que se passa em Portugal e no mundo, nas empresas, nos mercados e na economia. Inclui acesso à versão ePaper.
Mais uma forma de ler as histórias
da edição impressa do Negócios.
Se ainda não é Assinante Saiba mais
pub
pub
pub