Pedro Fontes Falcão
Pedro Fontes Falcão 31 de maio de 2017 às 20:14

Mais vale pobre numa empresa rica do que rico numa empresa pobre

O Negócios e a PwC entregaram os prémios Excellens Oeconomia no passado dia 25 de Maio, tendo sido premiados o Pestana Group Hotel, Nuno Amado e Fortunato Frederico, ex-presidente da APICCAPS e líder do grupo Kyaia.

Antes de mais, excelentes escolhas e parabéns ao Negócios e à PwC por premiarem o mérito!

 

Tive o prazer de estar presente e, das muito interessantes intervenções dos premiados, gostaria de destacar algo que Fortunato Frederico referiu: "Mais vale pobre numa empresa rica do que rico numa empresa pobre." Na minha opinião, esta frase reflete, com muita profundidade, a realidade de vários empresários portugueses.

 

Um dos maiores dramas do tecido empresarial português (e da economia portuguesa) é o excesso de dívida das empresas. De entre várias causas, uma delas é a descapitalização das empresas pelos seus donos, que acabam por retirar excessivamente capital das mesmas para gastarem na sua vida pessoal, acabando por colocar a empresa em risco mais tarde (se houver algum imprevisto ou alguma crise) ao limitar a sua capacidade financeira que permitiria um crescimento e sólido desenvolvimento futuro.

 

Quantos casos Portugal teve de negócios destruídos, com o desemprego de muitas pessoas e o impacto negativo nos seus "stakeholders", pela falência ou redução do negócio de empresas por causa da sua descapitalização… Quantos ricos em empresas pobres…

 

Obviamente, não estou contra empresários de empresas rentáveis terem direito a dividendos e a uma melhoria do seu estilo de vida, mas como diria a sabedoria popular, "nem 8 nem 80"…

 

Creio que as novas gerações têm outra mentalidade, investem mais nas suas empresas, e usam ferramentas como o protocolo familiar, que têm ajudado muitas famílias empresárias a definir regras e a profissionalizar a gestão, permitindo uma maior capitalização das empresas e um crescimento mais sustentável. Acredito que irão continuar por este caminho…

 

Gestor e docente convidado do ISCTE-IUL

 

Artigo em conformidade com o novo Acordo Ortográfico

A sua opinião1
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
Olharapo 01.06.2017

Antes Assim :
Mais vale RICO e com SAÚDE do que pobre e doentinho !