Raquel Godinho
Raquel Godinho 08 de fevereiro de 2018 às 19:50

"Millennials" trocam acções pela bitcoin

Vários têm sido os estudos que, ao longo dos últimos anos, têm sublinhado o reduzido investimento dos jovens com menos de 30 anos em acções. Em geral, a justificação apontada é o elevado risco deste investimento.

Um estudo do site de finanças pessoais Banrate, citado pelo MarketWatch, revela que as pessoas entre os 18 e os 39 deverão investir menos no mercado accionistas do que as outras gerações. De acordo com a mesma fonte, apenas um em cada três "millennials" deverá investir em acções, ao contrário dos 51% que o fazem na faixa entre os 36 e os 51 anos e os 48% que também o fazem entre os 52 e os 70 anos. Mas o curioso é que, apesar do pouco interesse em investir em acções, os "millennials" têm apostado nas criptomoedas, nomeadamente a bitcoin. São mesmo a geração que mais investe nestas moedas virtuais. A explicação é que consideram este investimento menos intimidante, apesar da sua natureza imprevisível. A bitcoin ganhou notoriedade, no ano passado, quando se aproximou dos 20 mil dólares, mas nos últimos dias desceu abaixo dos sete mil dólares. Ora, foram precisamente os contextos de queda dos mercados accionistas, como aquele que ocorreu em 2008, que afastaram os "millennials" desta classe de activos.

 

Jornalista

A sua opinião4
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
mais votado Advogado do diabo Há 1 semana

Deixa-se à reflexão o artigo no Journal of Finance:

"Iq and Stock Market Participation" em que se afirma:

"Stock market participation is monotonically related to IQ"

comentários mais recentes
Advogado do diabo Há 1 semana

Deixa-se à reflexão o artigo no Journal of Finance:

"Iq and Stock Market Participation" em que se afirma:

"Stock market participation is monotonically related to IQ"

Pedro Há 2 semanas

Treta. Não investem porque... não tem dinheiro para investir. E são os que investem mais em Bitcoin porque... os outros não sabem como fazer isso, e porque tem maior propensão ao risco (ao contrario do que diz a autora, o millenial aceita risco, pois não tem familia nem está às portas da reforma...)

Gonçalo Há 2 semanas

Não investem em acções pelo risco, mas depois investem em algo que tem muito mais risco, pois não tem absolutamente nada na base a não ser especulação e esquema em pirâmide... prova de inteligência e saber

Anónimo Há 2 semanas

Só se forem os millenials que só tem a cabeca para ter cabelo para meter gel ou cera...

pub