Assinatura Digital. Negócios Primeiro Para ler tudo faça LOGIN ou ASSINE
Camilo Lourenço
Camilo Lourenço 01 de janeiro de 2018 às 21:30

O champanhe e os impostos

Você passa o ano a ouvir dizer que a austeridade acabou.

Diz o governo, os partidos que o apoiam, os "opinion makers" próximos do governo. No meio da euforia escuta, aqui e ali, alguns alertas: que nada, a austeridade apenas mudou de pilar (dos impostos diretos para os indiretos); que nada,

Assinatura Digital. Negócios Primeiro
Para ler tudo faça LOGIN ou ASSINE
Análise, informação independente e rigorosa.
Para saber o que se passa em Portugal e no mundo,
nas empresas, nos mercados e na economia.
  • Inclui acesso ao ePaper, a versão do Negócios tal como é impresso em papel. Veja aqui.
  • Acesso ilimitado a todo o site negocios.pt
  • Acesso ilimitado via apps iPad, iPhone, Android e Windows
Saiba mais
A sua opinião30
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
comentar
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentários mais recentes
Passei por aqui só para dizer 02.01.2018

QUE A PRÓXIMA CONVERSA DA TRETA DO CAMILO PAFIENTO VAI SER A MALHAR NOS SOCIALISTAS- NAAADA QUE NÃO ESTEJA PREVISTO.

ESPEREM UM POUCO QUE O CAMILÃO ESTÁ A COZER A CHARADA !

CHAMPANHE ? 02.01.2018

SÓ SE FOR ISTO QUE AGORA SÓ DÁ PREJUÍZO :
http://24.sapo.pt/atualidade/artigos/ctt-confirmam-fecho-de-22-lojas-no-ambito-do-plano-de-reestruturacao

sportingsempre 02.01.2018

O pobre coitado, que vendeu a alma ao diabo, anda mesmo ressabiado, nem as rabanadas lhe tiraram o azedume.
Tem esperança, talvez um dia, quando o "diabo", teu amigo, quem sabe, poder voltar a atormentar a vida dos portugueses de bem, tu possas viver feliz com os teus traumas

Portugal estava em Guerra e havia inimigos interno 02.01.2018

Ao cobarde que tem medo de ASSINAR AQUILO QUE ESCREVE, fique sabendo que Salazar quando tomou o poder, não havia nem escolas primarias nem estradas e a divida de Portugal, era enorme para a época. Não tenho preconceitos sobre Salazarismo e a PID, só prendia gente de esquerda que estava comprometida

ver mais comentários
Notícias só para Assinantes
Exclusivos, análise, informação independente e credível. Para saber o que se passa em Portugal e no mundo, nas empresas, nos mercados e na economia. Inclui acesso à versão ePaper.
Mais uma forma de ler as histórias
da edição impressa do Negócios.
Se ainda não é Assinante Saiba mais
pub