Fernando Ilharco
Fernando Ilharco 13 de julho de 2017 às 20:05

O passar do tempo e a experiência

Com o passar do tempo, as pessoas podem tornar-se melhores profissionais; mas não é certo. A competência técnica, em si mesma, não melhora necessariamente com os anos de trabalho.

Tantas vezes as melhores performances são uma consequência do aumento da confiança; e essa sim tende a aumentar com o decorrer do tempo.

 

Há uma ideia geralmente aceite de que a competência tende a subir nos primeiros dez ou vinte anos de vida profissional, estabilizando a partir daí. Mas a investigação tem mostrado que não é bem assim. Em muitas profissões não há uma relação significativa entre a competência e a experiência: há quem melhore com o tempo, quem fique na mesma e quem piore. Para melhorar, os desafios profissionais e a aprendizagem são importantes. A confiança, no entanto, é decisiva.

 

O passar do tempo tende a aumentar a confiança. Ela proporciona bem-estar físico e emocional. E mais confiantes, trabalhamos melhor, raciocinamos mais depressa, somos mais criativos e arriscamos mais.

 

À medida que o tempo vai passando, ficamos com a ideia de que conhecemos os cantos à casa e de que somos mais capazes. Pode não ser o caso, mas essa ideia, por si própria, aumenta a nossa confiança e melhora o desempenho. Por exemplo, numa apresentação difícil, quem já fez muitas apresentações nos últimos anos tende a estar confiante. Quando chega o momento, tem uma presença positiva, movimenta-se à vontade, ocupa espaço, gesticula e expressa-se bem. O passar do tempo, podendo por isso não melhorar a competência profissional, tende de facto a melhorar a confiança e assim a influenciar um bom desempenho. 

A sua opinião0
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
pub