Patrícia  Abreu
Patrícia Abreu 19 de janeiro de 2017 às 20:44

Oito anos depois, o regresso do ex-CEO do Lehman

15 de Setembro de 2008. O Lehman Brothers entregava um pedido de falência e a notícia caía que nem uma bomba nos mercados, determinando o pico da crise financeira.

Oito anos e meio depois da queda do maior símbolo da crise do "subprime", o homem que estava nessa altura no comando do banco norte-americano está de volta ao mundo financeiro.

Richard Fuld, antigo CEO do Lehman Brothers, está a investir numa consultora que ajuda pequenos empresários a gerir a sua fortuna pessoal. A Matrix Wealth Partners, registada como uma consultora de investimento no último mês, divulgou que Fuld é um dos accionistas da instituição, que será agora complementada com um "multifamily office".

Os potenciais clientes da Matrix Advisors podem procurar a entidade para os ajudar a vender negócios e aconselhá-los, depois, a aplicar esses fundos. Estratégias semelhantes às utilizadas por grandes bancos, como o Morgan Stanley ou o Goldman Sachs, ou o próprio Lehman antes de ter protagonizado a maior falência do sector financeiro nos EUA.

Depois de um longo período longe dos holofotes, Fuld está de volta ao mundo financeiro. O próximo passo é convencer os potenciais clientes que a gestão será diferente da que conduziu o Lehman ao colapso.

 

Jornalista 

A sua opinião0
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
pub