Rui Barroso
Rui Barroso 08 de maio de 2017 às 20:15

Os dois grandes erros de Warren Buffett

Num dos períodos mais conturbados nos mercados - a crise das tecnológicas -, Warren Buffett fez jus ao epíteto de Oráculo, evitando investir no sector.

Mas apesar de se ter mostrado avesso às tecnológicas, por não perceber como poderiam fazer dinheiro no longo prazo, foi neste sector que Buffett reconheceu dois dos maiores erros que fez. O líder da Berkshire Hathaway lamentou, este fim-de-semana, perante os accionistas da sua empresa, não ter investido na Google e na Amazon. Em relação ao motor de busca, Buffett reconheceu que deveria ter percebido que era uma grande empresa de publicidade quando há já alguns anos uma das suas seguradoras, a Geico, pagava entre 10 a 11 dólares por cada clique em anúncios. Já sobre a Amazon disse, em entrevista à CNBC, que a decisão de não investir poderia ser resumida numa palavra: "Estupidez." Buffett explicou que já há muito tempo que tinha ficado impressionado com Jeff Bezos, líder da Amazon. Mas que nunca esperou que ele tivesse conseguido dar uma escala tão grande à empresa. Nos últimos dez anos, a Google rende 310%. E a Amazon, 1420%. Depois de ter falhado essas subidas, Buffett tem estado activo no sector, apostando forte nas acções da Apple. Será um tiro certeiro?

 

Jornalista

A sua opinião0
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar