Assinatura Digital. Negócios Primeiro Para ler tudo faça LOGIN ou ASSINE
Camilo Lourenço
Camilo Lourenço 06 de dezembro de 2017 às 21:30

Os Torquemadas do Governo

Nos últimos três dias, só deu Eurogrupo. Ele foi Costa a negociar apoios de última hora, na Costa do Marfim. Ele foi o imenso circo de comentários e análises emotivas sobre a eleição de Mário Centeno.

Neste ambiente, era difícil destoar. E todos os que ousaram esboçar um "se" ou "mas" sobre o significado da eleição foram cilindrados, acusados de mau perder.

Assinatura Digital. Negócios Primeiro
Para ler tudo faça LOGIN ou ASSINE
Análise, informação independente e rigorosa.
Para saber o que se passa em Portugal e no mundo,
nas empresas, nos mercados e na economia.
  • Inclui acesso ao ePaper, a versão do Negócios tal como é impresso em papel. Veja aqui.
  • Acesso ilimitado a todo o site negocios.pt
  • Acesso ilimitado via apps iPad, iPhone, Android e Windows
Saiba mais
A sua opinião18
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
mais votado ''Torquemadas'' Há 4 dias

Tomás de Torquemada,um frade dominicano espanhol Nomeado como inquisidor pelo papa Inocêncio VIII.Este clérigo promoveu uma feroz caçada contra bígamos,agiotas,judeus,homossexuais e hereges.Ele via em todos o DIABO.Era assim"Se observar que os seus vizinhos vestem roupas limpas e coloridas no sábado,eles são judeus.Se eles limpam as suas casas às 6ªfeiras e acendem velas mais cedo do que o normal, eles são judeus.Se eles comem pão ázimo e iniciam a sua refeição com aipo e alface durante a Semana Santa, eles são judeus.Se eles recitam as suas preces diante de um muro, eles são judeus."Ora o Sr. Camilo Diz''vem aí o DIABO'',sobre tudo que se faz diferente do PSD/CDS
Centeno com rédea solta.Ó Diabo
Governo, Talento sim. mas a estratégia está errada.Ó Diabo
Segurança Social:de buraco em buraco até ao buraco final.Ò diabo
Afinal a despesa não está controlada.Ó Diabo
Porque não sobem os "ratings" Ó Diabo. Tanta PREDIÇÃO FALHADA que Dói. Corrija o passo Sr.Camilo!Corrija!!!!!

comentários mais recentes
Comunista camaleão, de que matéria é feito? pobre Há 2 dias

Seu comunista CAMALEÃO, todos os dias temos que ter os seus disparatados comentários. Já chega, sua mula, você não convence ninguém, é burro demais para dar uma opinião valida, limita-se a dizer mal sobre o que escreve o cronista e ainda, ofende o senhor, inclusive, mete-se na sua vida privada.

OH CAMILO, VÊ SE TE ENCHERGAS Há 3 dias

OH CAMILO, VÊ SE TE ENCHERGAS,OH CAMILO, VÊ SE TE ENCHERGAS,OH CAMILO, VÊ SE TE ENCHERGAS

''ó Diabo'' Há 4 dias

Ó Diabo. Boas notícias? Problema para alguns, felicidade para a maioria dos Portugueses.Analistas alertam para riscos na dívida europeia. Portugal será a excepção
A percepção dos analistas é de que 2018 será um ano de riscos para as obrigações europeias. Mas há uma excepção: Portugal.Há "uma aparente mudança de sentimento em Portugal – Portugal deverá finalmente recuperar o estatuto de periférico", já que deverá deixar para trás a era da crise financeira, explica o estratega Richard McGuire, do Rabobank. Este responsável prevê mesmo que o prémio de risco da dívida portuguesa face à alemã desça para cerca de 40 pontos base. Actualmente está nos 155 pontos. "As obrigações portuguesas devem ter um desempenho melhor do que os pares italiano e espanhol", acrescenta o mesmo estratega.

Mr Tuga Há 4 dias


Sem a análise avisa e escorreita do Camilo, andávamos todos às escuras, pelo que, de noite e sem luz, não podíamos ter passado por parte nenhuma !

ver mais comentários
Notícias só para Assinantes
Exclusivos, análise, informação independente e credível. Para saber o que se passa em Portugal e no mundo, nas empresas, nos mercados e na economia. Inclui acesso à versão ePaper.
Mais uma forma de ler as histórias
da edição impressa do Negócios.
Se ainda não é Assinante Saiba mais
pub