Jorge Fonseca de Almeida
Jorge Fonseca de Almeida 31 de janeiro de 2017 às 21:55

Pessoas influentes

Uma das melhores formas de comunicação do marketing é através de líderes de opinião. Hoje, no tempo da omnipresença das redes sociais, nem sempre é claro quem são realmente as pessoas influentes.

Na era dos anúncios, os intelectuais, os artistas, os desportistas, atraíam grande visibilidade na televisão e erguiam-se como os líderes de opinião óbvios. Obtinham os maiores contratos publicitários.

 

Hoje as pessoas influentes ("influencers") são as que conseguem mais seguidores na internet através das suas páginas nas redes sociais, ou dos seus blogues e sites, as que conseguem mais partilhas, mais reações ao que publicam, aquelas cujas opiniões um maior número de pessoas ouve, gosta e segue.

 

Não são as grandes personalidades influentes de outrora, mas simples pessoas, invisíveis para quem não pertence à sua comunidade de interesses, raramente coincidindo com os que desfrutam da atenção dos media tradicionais. Contudo, a sua influência é tremendamente poderosa.

 

Muitos não conheceram DJ Kahled um "rapper" norte-americano de origem palestiniana, que é um enorme sucesso na internet com milhões de seguidores. Os seus snapchats, mensagens multimédia de muito curta duração, em que desvenda os segredos do seu sucesso tornaram-se imensamente populares entre a juventude do mundo inteiro. A televisão não lhe presta atenção, mas o seu imenso público sim.

 

Qualquer empresa atenta que queira comunicar através de um líder de opinião a sua oferta dirigida a adolescentes não pode ignorar DJ Kahled.

(ver exemplo https://www.youtube.com/watch?v=YHSEV__r_QE).

 

Na área do marketing de conteúdos, a influência de Heidi Cohen, uma profissional do ramo, é enorme sendo respeitada e ouvida, mas tem pouca ou nenhuma visibilidade nos meios tradicionais entre nós.

 

O grau de influência de uma pessoa pode ser medido pelo número de seguidores ponderado pelo nível de reação que obtém (comentários, partilhas, likes, tec.). Ter muitos seguidores não interessa se a interação com eles for escassa ou nula.

 

Quem são em Portugal as pessoas influentes? Um estudo recente, centrado no Instagram, apontava nomes como Ana Filipa, Maria Patuleia, Ana Sampaio Barros, entre outros. Pessoas que a fiar na televisão e nos jornais não existem. E no entanto…

 

Que atenção recebem eles dos maiores anunciantes lusos? Quando começarão as empresas portuguesas a dar maior atenção ao que se passa à sua volta?

 

Economista

 

Este artigo está em conformidade com o novo Acordo Ortográfico

A sua opinião0
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
pub