João Quadros
João Quadros 02 de junho de 2017 às 10:50

Por um punhado de maçons

Para fazerem aquela figura ridícula e terem de usar aqueles títulos parvos, a compensação só pode ser grande - é como nas despedidas de solteiro. Eu falo por mim, a despender algum tempo de forma estúpida preferia jogar badminton.
No próximo sábado e domingo, cerca de dois mil maçons vão votar para escolher o grão-mestre do Grande Oriente Lusitano (GOL). Depois de uma campanha animada, com oferta de aventais, os maçons vão escolher entre Fernando Lima, que se recandidata, Adelino Maltez e Daniel Madeira de Castro .

Segundo li, os candidatos discutiram, nas últimas semanas, o futuro da instituição e até que ponto deve a maçonaria abrir-se ao exterior. Na minha opinião escusam de se abrir ao exterior, o que deviam fazer era fechar aquilo.

Sou só eu que estou um bocado farto e não percebo que raio é que é esta coisa da maçonaria? Por que raio existe este clube dentro da sociedade?! Jogam à bola? Não. Fazem pizzas e levam a casa? Não. Ajudam os pobres no Sudão do Sul? Fazem excursões giras? Népia. Se é por darem títulos pomposos aos sócios, para isso temos os escuteiros. Então que raio de coisa é esta que existe e persiste, mas que não serve para nada que se veja?! Porque, se serve para o que não se vê, é porque não é coisa boa. E não está cá a fazer nada.

A maçonaria é como a "Casa dos Segredos", tem grandes audiências mas não há ninguém que tenha visto e que saiba o que é. Valha-me o Arquitecto. Este país está entregue às lojas dos chineses e às lojas maçónicas.

E só por andarem por aí a dizer que a maçonaria não é tema, tomem lá. Eu continuo a achar bom tema até porque já não consigo olhar para a Assembleia da República sem tentar ver os que são e os que não são. Assusta-me pensar que o deputado Montenegro é na verdade o grande-presidente da loja parlamentar do PSD.

O problema não é nós não sabermos quem eles são, o problema é eles saberem quem não é. Uma coisa são os deputados serem mandriões, toscos, etc. Outra é parecerem isso, mas estarem lá a fazer bom trabalho para o outro grupo secreto a que pertencem. Se a maçonaria não servisse para nada, o Isaltino não andava por lá. Para fazerem aquela figura ridícula e terem de usar aqueles títulos parvos, a compensação só pode ser grande - é como nas despedidas de solteiro. Eu falo por mim, a despender algum tempo de forma estúpida preferia jogar badminton.

Ao menos os maçons podiam fazer umas marchas populares com a Casa Mercúrio, a Casa Mozart, a Casa Africana. Se quiserem fazer festas com farturas, rifas e aventais tudo bem, se for pelo poder é porque querem mama, nesse caso, sou a favor de implantes mamários à força em todos os maçons. Sendo que o presidente teria de ter o maior. - "Olha, vai ali o grão-mestre do GOL, que grande parzorro!"

TOP 5

Grão-mestre

1. A campanha da candidata do PSD a Lisboa arranca no final deste mês ou no princípio de Junho - A ausência de cartazes com a cara de Teresa Leal Coelho tem que ver com a promessa da candidata de tornar Lisboa mais atractiva para todos.

2. Expresso: juízes aplaudidos como estrelas nas Conferências do Estoril - Pelos criminosos?

3. O autor do busto de Cristiano Ronaldo já fez outro. O de Gareth Bale - O mais importante é ter o nome por baixo para sabermos quem é.

4. Trump partilhou uma mensagem no Twitter com uma palavra desconhecida: "Apesar da constante covfefe negativa da imprensa." Covfefe - Ou porque nunca se deve fazer "golden showers" junto ao teclado.

5. Cristas promete vinte novas estações de metro - Teresa Leal Coelho promete cortar 20 estações de metro (ainda possuída pela troika). 




A sua opinião39
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
Anónimo 28.06.2017

O nível rasteiro da escrita deste pseudo-jornalista revela bem a ignorância sobre o que escreve. João Quadros quer palco. Infelizmente ainda lhe vão dando espaço para dizer dislates de "Tiririca". E, pior do que isso, pagam-lhe. Pensa que tem graça no que escreve com as graçolas que diz. Um triste.

Anónimo 05.06.2017

Salomão é ficção. David idem.
Os semi turcos que reclamam descendência hebraica e que ocupam agora a Palestina - os Ashkenazi, ver Genesis - bem escavam aquela terra para encontrar o tal passado glorioso do Rei David. Mas encontram ... nada.
A fonte das seitas, incluindo a maçónica, é a Babilónia.

Anónimo 05.06.2017

Os rituais de iniciação da maçonaria datam-se dos judeus da época de Salomão, seus significados não são entendidos nem pelos próprios maçons.

Anónimo 05.06.2017

Muitos dos princípios éticos maçônicos foram inspirados pelo judaísmo ou melhor pelo Antigo Testamento. Os ritos e símbolos da maçonaria e outras sociedades secretas recordam: A reconstrução do Templo de Salomão,a estrela de David,o selo de Salomão






ver mais comentários