Pedro Fontes Falcão
Pedro Fontes Falcão 19 de abril de 2017 às 19:40

Qual o melhor regime político para o sucesso de um país?

Estamos a assumir pressupostos como o facto de que os nossos sistemas democráticos são os melhores, e também que a dimensão do PIB equivale à dimensão da felicidade e bem-estar das populações - mas há quem coloque estes pressupostos em causa.

Um estudo recente da PwC fez uma projeção da evolução do PIB (paridade do poder de compra) dos diferentes países para o ano de 2050. Neste momento, temos os BRIC (Brasil, Rússia, Índia e China) a competir pelo topo da classificação com os países do G7 (EUA, Japão, Alemanha, Reino Unido, França e Itália e, mais afastado, o Canadá). Em 2050, teremos os BRIC a dominar o topo, e os MIST (México, Indonésia, Arábia Saudita e Turquia) a concorrer com os G7 (já excluindo Itália e Canadá) pelas posições cimeiras. Destes todos, a Índia será o país com a maior taxa de crescimento até 2050, mais do que duplicando a sua "quota de mercado" do PIB mundial.

 

Sendo que a quase totalidade dos BRIC e MIST não têm sistemas democráticos segundo a nossa perspetiva de democracia, então qual será o melhor sistema político para se chegar ao sucesso? Não é fácil de responder…

 

Por um lado, estamos a assumir pressupostos como o facto de que os nossos sistemas democráticos são os melhores, e também que a dimensão do PIB equivale à dimensão da felicidade e bem-estar das populações - mas há quem coloque estes pressupostos em causa.

 

Por outro lado, para elaborar as projeções dos valores do PIB no futuro, o tipo de sistema político não parece ser muito relevante para determinar o crescimento das economias. Neste estudo, os principais "drivers" para as projeções têm que ver com o crescimento da população ativa, do capital humano, do investimento líquido e da produtividade total dos fatores, sendo todos tendencialmente mais favoráveis à generalidade dos países emergentes pois estes têm populações mais jovens e menos educadas, com mercados de maior potencial e que podem alavancar mais evoluções tecnológicas dos países desenvolvidos.

 

Poderá até ser mais a estabilidade e previsibilidade dos sistemas políticos do que os sistemas em si que poderão contribuir mais para o crescimento do PIB. Não tendo uma resposta definitiva, deixo a pergunta como um assunto a debater…

 

Gestor e docente convidado do ISCTE-IUL

 

Artigo em conformidade com o novo Acordo Ortográfico 

A sua opinião0
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar