Patrícia  Abreu
Patrícia Abreu 20 de setembro de 2017 às 19:07

Quem tem medo da bitcoin?

A subida astronómica das criptomoedas tem merecido a atenção de investidores e especialistas. A bitcoin, enquanto pioneira e também a moeda virtual mais conhecida, surge em destaque. E parece ocupar um lugar de cada vez maior relevo nos mercados.

Ainda que a criptomoeda esteja a tentar ganhar um papel, num universo bem definido de moedas instaladas e reconhecidas, os bancos americanos estão atentos e receosos em relação ao futuro da bitcoin.

Rainer Michael Preiss, director executivo da Taurus Wealth Advisors, citado pela CNBC, defende que os CEO dos bancos americanos estão provavelmente com "muito medo" da bitcoin. "Se geres um grande banco dos EUA, muito provavelmente estás com muito medo da blockchain e da bitcoin", argumenta o especialista. Os comentários surgem depois de o CEO do JPMorgan, Jamie Dimon, ter adiantado que a bitcoin é uma "fraude". Mas, para Preiss, as criptomoedas podem dar aos investidores uma alternativa, dada a incerteza em torno da falta de transparência dos bancos. A bitcoin não vai substituir os bancos, mas que pode oferecer-lhes concorrência nalgumas áreas, isso é certo. Os líderes dos bancos até podem desvalorizá-la, mas é melhor preparar um plano B.

 

Jornalista

A sua opinião1
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
General Ciresp Há 3 dias

Oh minha simpatica Jornalista o ditado diz:quem tem medo,tem rabiote.E ao contrario mas vai dar ao mesmo.