Patrícia  Abreu
Patrícia Abreu 16 de maio de 2017 às 20:36

Uma derrota que tem o saber da vitória

Warren Buffett é um dos investidores mais conceituados nos mercados financeiros. E as suas recomendações são uma espécie de Bíblia para os pequenos investidores.

Conhecido por defender princípios como "invista em negócios que conheça", o Oráculo de Omaha diz que replicar um índice, como o S&P 500, é mais vantajoso do ponto de vista de um investidor particular do que apostar num fundo de gestão activa. Mas há quem tente rebater esta tese... ainda que sem sucesso. E há quem esteja a "perder" para Warren Buffet há uma década, segundo o Financial Times.

O fundador da Protégé Partners, Jeff Tarrant, que apostou com Buffett que os "hedge funds" iriam bater os índices de fundos, admite que não há dúvida em relação aos números. Os fundos escolhidos pela Protégé subiam uma média de 22% até ao final do ano passado, enquanto o S&P 500 dispara 85% no mesmo período.

Mas, apesar desta goleada, o gestor adianta que se sente um vencedor pelo acesso que ganhou ao dono da Berkshire. "Eu tive almoços e jantares com Buffett por mais de 10 anos, por isso sinto que ganhei", explicou. Tendo em conta que partilhou conhecimentos com um dos investidores mais bem sucedidos do mundo, Tarrant deve mesmo ter ficado a ganhar.

 

Jornalista

A sua opinião0
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar