Cronista
Raul Vaz

Jornalista desde 1981, começou no Correio da Manhã. Foi editor no Público; director-adjunto do Diário de Notícias e de O Independente; director do Semanário e do Diário Económico. É comentador na Antena 1. Director do Negócios desde Abril de 2016. 

Raul Vaz A larva da dúvida 26.07.2017 Raul Vaz
Pedrógão é uma ferida que não sara. Nem poderia. A tragédia é demasiado grande, demasiado grave, demasiado ilustrativa da nossa incapacidade. Incapacidade até de entender coisas tão grotescas que ultrapassam uma racionalização. O luto seria sempre longo. Mas não tinha, não podia ser assim tão acidentado.
Raul Vaz Portugal, o céu e a terra 19.07.2017 Raul Vaz 35
Um país que surpreende a Europa e cresce acima das melhores previsões, palavra do comissário da poda; um país que concorre no seu território por uma agência europeia, a do medicamento; um país de peito feito lá fora ("Juntos [com o México] somos imbatíveis"), na palavra do Presidente. Neste país fechou a urgência da maior maternidade do país. Porca miséria!
Raul Vaz O assomo de Costa 12.07.2017 Raul Vaz 71
E o que mais irá acontecer? Depois de Pedrógão, Tancos, demissões, só pode ser o diabo. Não é, ainda não há notícias da sua chegada. E assim germina a perplexidade na direita que se sente injustiçada (o que seria isto com Santana Lopes?) e numa extrema-esquerda que lambe a ferida da vingança (começa a ser vexatório o custo do ódio à direita).
Raul Vaz O guarda-chuva de Paris 07.07.2017 Raul Vaz 29
Umas bengaladas no Facebook resolvem-se com um desprendimento de autoridade. António Costa sabe que a ética republicana (ou um primeiro sinal de quebra dessa regra) demitiria o ministro. João Soares foi-se em 24 horas. Agora fia mais fino. É o poder do primeiro-ministro que está, pela primeira vez, em causa.
Raul Vaz O ‘focus group’ do centrão 30.06.2017 Raul Vaz 101
António Costa não perde tempo. Pediu a um ‘focus group’ uma avaliação do impacto que a tragédia de Pedrógão teve na sua popularidade e na do seu governo. E parece que as conclusões o animaram.
Raul Vaz A nova vida de Costa 26.06.2017 Raul Vaz 111
Baralhados com a cambalhota? Terá o primeiro-ministro de sucesso, optimista irritante, 'case study' da hábil sobrevivência política, perdido o norte? Querendo chegar à Índia, estará a caminho do Brasil?
Raul Vaz Para lá do Além 20.06.2017 Raul Vaz 29
É na tragédia que devemos ser crus, até cruéis. Perguntar porquê? Encontrar razões e responsabilidades a quente, sem permitir que a morte esfrie a vida. O que aconteceu mostra bem, talvez como nunca, o país que somos.
Raul Vaz Será Jerónimo capaz? 12.06.2017 Raul Vaz 35
Sr. doutor…? "Não, não sou doutor." Sr. engenheiro? "Não sou engenheiro." Sr. arquitecto? "Também não, sou operário metalúrgico." Conta-se assim, mais doutor menos engenheiro, a entrada de Jerónimo de Sousa como deputado à Assembleia Constituinte.
Raul Vaz Os anos da desilusão 30.05.2017 Raul Vaz 25
Em 2003, o PIB caía pela primeira vez em 10 anos, com a contracção mais significativa desde os anos 80. Expressões que se ouviam nesse ano? "Consolidação" e "viver acima das possibilidades", entre outras.
Raul Vaz Zombies e outras aventuras 29.05.2017 Tiago Freire
A Cimpor vai finalmente sair da bolsa portuguesa. É um momento triste, mas pouco mais que simbólico. Aquela que foi uma grande empresa portuguesa já não é portuguesa, e já não é tão grande e poderosa como foi outrora.
pub