Cronista
Alexandra Machado Jornalista

Alexandra Machado é Editora Executiva Multiplataforma no Negócios, para onde regressou em 2008 e depois de uma passagem de dois anos pelo Diário de Notícias onde, entre outras funções, foi editora de Economia. A primeira passagem pelo Negócios decorreu entre 2003 e 2005, onde fez parte da equipa que lançou o jornal diário, como Editora de Empresas. Antes esteve na equipa do Diário Económico, onde entrou em 1999 depois de dois anos na Agência Lusa. A agência noticiosa garantiu um ritmo de produção jornalística diferente da função que a antecedeu, como jornalista na revista semanal Valor. Antes trabalhara na Revista Super Market, onde se manteve durante alguns anos como colaboradora.

O início da carreira aconteceu, no entanto, fora do mundo da economia. Enquanto se licenciava em Ciências da Comunicação, vertente de jornalismo, na Universidade Autónoma de Lisboa, colaborou na revista Vídeo Guia.

Dado o percurso na área económica, realizou vários cursos de formação nesta especialidade, assim como o curso de actualização sobre Direito das Telecomunicações, pelo Instituto de Ciências Jurídico-Polícias. Tem, também, formação em línguas como a inglesa, francesa e espanhola e, ainda, se iniciou no japonês, mas sem continuidade.

Alexandra Machado O que "iliba" o BES no caso da PT? 29.07.2015 Alexandra Machado 50
A Pharol vai decidir se avança para Tribunal contra ex-gestores, tendo já decidido que a Deloitte vai responder numa acção judicial. E o BES?
Alexandra Machado Crime é crime, não é futebol 18.05.2015 Alexandra Machado 47
Fui ao futebol. Como vou tantas vezes. Mas este domingo tinha um desafio diferente. Fui ao futebol a Guimarães.
Alexandra Machado Desobediência desqualificada 05.05.2015 Alexandra Machado
Os trabalhos da comissão de inquérito parlamentar ao BES/GES foram já muito elogiados. Não há dúvida de que houve a preocupação de apurar factos, de conhecer a verdade, sem olhar a cores partidárias. Mas também é fácil hoje apontarem-se dedos. O banco caiu e vão sendo descobertas razões e mais razões.
Alexandra Machado A nossa vida é um livro aberto... só para alguns 21.04.2015 Alexandra Machado 41
Já era suficientemente mau saber da existência de uma lista VIP do Fisco com quatro nomes. Ainda pior se tornou este episódio com a descoberta de que mais de 12 mil pessoas podem ver a nossa situação fiscal, sendo mais de duas mil externas ao Fisco.
Alexandra Machado Porquê sonhar? 31.03.2015 Alexandra Machado 34
A Ydreams sonhava. Portugal precisa de sonhadores. Mas este país não é para sonhadores.
Alexandra Machado T(r)AP(alhada) 27.01.2015 Alexandra Machado 30
A privatização da TAP dá para tudo. Até para Sérgio Monteiro fazer o que disse que não gosta nem costuma fazer.
Alexandra Machado E aí vão mais 150 milhões... 05.01.2015 Alexandra Machado 40
O país acaba de sair de um apertado programa de ajustamento. Com esforços grandes. Mesmo assim vemos serem desperdiçados 150 milhões de euros num projecto que nem saiu do papel.
Alexandra Machado Só eles sabem porque ficaram em casa 02.12.2014 Alexandra Machado 34
Alguns accionistas da Portugal Telecom andam indignados com o que se está a passar na empresa e com o que pode acontecer na PT Portugal. É legítima a preocupação. Mas, no meio das ondas de indignação, pergunto: o que foram aprovando em todas as assembleias-gerais?
Alexandra Machado Eu prejudicada, me confesso 27.10.2014 Alexandra Machado 26
Era das prejudicadas com a proposta de IRS que o Governo aprovou em Conselho de Ministros. Aparentemente posso ser agora beneficiada com a versão que entrou no Parlamento. Sem a certeza de ser prejudicada ou beneficiada, tenho, porém, a certeza de que esta reforma do IRS foi uma completa trapalhada por parte do Governo.
Alexandra Machado Pires de Lima critica o que Passos elogiou 13.10.2014 Alexandra Machado 73
6 de Maio o Negócios escrevia: "O dia é histórico. A PT deixou de ter Portugal". Os activos da PT Portugal passavam, nessa data, a ser detidos pelo Brasil. Pela Oi. E foi esse o dia em que a PT, tal como a conhecíamos, acabou. Passou para as mãos de uma empresa internacional. A PT Portugal vai voltar a mudar de mãos. E surgem agora os alertas. Mas a PT já não era dona do seu destino.