Economistas As tentações de uma China resiliente 14:00 Stephen Roach
A combinação de resiliência de curto prazo e de uns Estados Unidos virados para dentro parece oferecer uma oportunidade tentadora para a China.
Ulisses Pereira A correcção que acalma os touros 10:09 Ulisses Pereira
Estou mais optimista agora que o mercado atirou para fora da carruagem aqueles que acreditam que se pode chegar à lua em 24 horas.
Linhas Cruzadas O paradoxo dos impostos. E o futuro da mobilidade laboral 09:29 Fernando Sobral
Nas eleições britânicas vai falar-se de impostos. E de Commonwealth. E da mobilidade laboral. Temas importantes nestes dias.
Camilo Lourenço Outro banco português? Para quê? 00:01 Camilo Lourenço 267
Faria de Oliveira, presidente da Associação Portuguesa de Bancos (APB), diz ao "DN" que seria "útil ter um banco privado com capital maioritário português.
André Veríssimo Um anjo ainda sem asas 00:01 André Veríssimo
Portugal é um "anjo caído" na gíria dos "ratings". Perdeu as asas em 2011 quando entrou no "lixo". E expia ainda os seus pecados. Até quando?
Ontem
Opinião Marques Mendes: "Passos recandidata-se qualquer que seja o resultado autárquico" 23.04.2017 Luís Marques Mendes
Nas notas da semana na SIC - e de que o Negócios publica os excertos - Marques Mendes diz que o PSD devia concentrar-se na mobilização para as autárquicas, em vez de guerras internas, e em ser oposição eficaz ao Governo "porque António Costa está a entrar no eleitorado do PSD".
Visto por Dentro lei das rendas, congeladas, mercado de arrendamento, reforma do arrendamento urbano 23.04.2017 Manuel Esteves
A reforma do arrendamento urbano de Passos Coelho e Assunção Cristas gerou muita polémica. Passados cinco anos, e mesmo com falta de estatísticas, é difícil vislumbrar uma dinamização do mercado de arrendamento.
Opinião Contra factos há cada vez mais argumentos 23.04.2017 Bruno Faria Lopes
Foi em 2011 que a percentagem de portugueses com um curso superior passou pela primeira vez a de portugueses apenas com o sexto ano de escolaridade. Foi ontem.
Colunistas Combater o défice de qualificação 23.04.2017 Manuel Carmelo Rosa
Tem sido amplamente reconhecido e o primeiro-ministro referiu-o na conferência "Investimento em Portugal", realizada na Fundação Gulbenkian: o maior défice no nosso país é o défice de qualificação de recursos humanos.
Fernando Sobral A reforma de Montenegro 23.04.2017 Fernando Sobral
Sérgio Leone, que descobriu Clint Eastwood, dizia que ele era um actor com dois registos: um com chapéu e outro sem chapéu. E que, quanto menos falasse, mais os espectadores gostariam dele.
Economistas Os espiões sem fins lucrativos na Rússia 23.04.2017 Robert Skidelsky
Os receios de desintegração do estado russo, o legado do império, é um pensamento sempre presente na mente dos governantes. É a principal barreira ao desenvolvimento de políticas democráticas.
João Quadros Sete vezes vem ao pêlo 21.04.2017 João Quadros 863
Falta vir o deputado do PAN alertar para a terrível extinção do tão raro vírus do sarampo. Deve um partido que defende a obrigatoriedade de vacinar os animais não defender o mesmo para os humanos? Ó terrível dúvida!
Manuel Falcão A esquina do Rio 21.04.2017 Manuel Falcão
Em 1578, D.Sebastião foi derrotado em Marrocos, na Batalha de Alcácer-Quibir, terminando aí o período da expansão portuguesa, iniciado com a vitória na Batalha de Aljubarrota.
Linhas Cruzadas O dólar, o euro, o IRS dos americanos e a Coreia do Norte 21.04.2017 Fernando Sobral
Parece que nada disto está ligado. Mas, na verdade, vivemos num mundo global. O futuro do dólar, do euro, do IRS que os americanos pagam e a Coreia do Norte fazem parte do mesmo sistema solar.
Camilo Lourenço Quem há de gabar a noiva senão o noivo…? 21.04.2017 Camilo Lourenço 504
Quando se olha para o Programa de Estabilidade (2017-2021) com atenção, percebe-se duas coisas. A primeira é que está feito "para a fotografia". Isto é, para parecer bonitinho. A segunda é que ele está "bonitinho" porque o Governo precisa de convencer alguém.
André Veríssimo A França obrigada a mudar 21.04.2017 André Veríssimo 23
Somos gatos escaldados e há razões fundadas para termos medo de no domingo apanhar outro balde de água fria, mesmo que esse seja o cenário menos provável. Desde logo porque as presidenciais francesas são muito mais determinantes para o futuro colectivo da Europa e da Zona Euro do que o Brexit ou a eleição de Donald Trump.
pub