Anteontem
João Quadros Ovelhas negras, lobos e toupeiras 17.02.2017 João Quadros 353
Domingues, que era tão cuidadoso com a sua intimidade e não deixava ninguém ver a declaração de rendimentos, deixa Lobo Xavier vasculhar os seus SMS. Muito estranho. Será que o Lobo Xavier foi ao telemóvel do amigo enquanto ele foi à casa de banho?
Baptista Bastos Breve memória do bairro dos jornais e de mim próprio 17.02.2017 Baptista Bastos
As coisas são como são, mas a omissão daqueles que deram ao país a grandeza da memória, parece-me uma ofensa grave à própria história que é nossa.
Manuel Falcão A esquina do Rio 17.02.2017 Manuel Falcão
A semana que passou foi exemplar: se havia gente que tinha dúvidas sobre a seriedade dos políticos, a diversos níveis, eis que as dúvidas passaram a certezas, no que ao uso da mentira respeita.
Linhas Cruzadas Os problemas da direita francesa nas presidenciais 17.02.2017 Fernando Sobral
As coisas não correm bem para a direita tradicional em França. Face à pressão da cada vez mais popular Marine Le Pen, aquele que se julgava ser um candidato imbatível, François Fillon, esbate-se nas sondagens. Fillon diz que não desiste.
Camilo Lourenço A cobardia dos Presidentes no primeiro mandato 17.02.2017 Camilo Lourenço 589
O jogo começou há dez minutos. Um jogador atira-se ao adversário e faz falta para cartão vermelho. Há quem, ao lado, diga que não é bem vermelho; é amarelo-alaranjado. O árbitro hesita, marca falta, mas mostra apenas o amarelo.
Raul Vaz Não é Marcelo, é Centeno 17.02.2017 Raul Vaz 56
Uma história pouco edificante pode acabar em Galamba. E a história à volta da Caixa é, de facto, pouco edificante. Acontece que o porta-voz do PS tem autorização do primeiro-ministro para falar em nome do partido. Partido que governa o país com o apoio interessado e interesseiro da esquerda onde habita o lado Galamba da coisa. Com código postal na geringonça.
Fernando Sobral Rosa Luxemburgo e a Europa a duas velocidades 16.02.2017 Fernando Sobral
Parece ser evidente que Wolfgang Schäuble, o poderoso ministro alemão das Finanças, deseja colocar de vez a Grécia fora da Zona Euro.
Luís Pais Antunes Percepções e outras inquietações 16.02.2017 Luís Pais Antunes
Os erros de percepção - sejam eles mútuos, colectivos ou individuais - parecem multiplicar-se um pouco por todo o lado e ameaçam desmentir todos aqueles que diziam termos entrado num novo mundo dominado pela pós-verdade e pelos factos alternativos.
José M. Brandão de Brito Será que a república tem um "bug"? 16.02.2017 José M. Brandão de Brito
Depois de se impor a toda a concorrência, o republicanismo, aqui entendido como o regime em que o poder é determinado por eleições livres e regulares, está em crise - certamente no Ocidente.
Sandra Clemente Vamos lá falar de paridade 16.02.2017 Sandra Clemente 58
Em março, os partidos fecham as apresentações dos cabeças de lista às autárquicas. Começaram mal. O site do PS quase só apresenta candidatos homens. O PSD apresentou um bloco de candidatos e, em 46, só três são mulheres.
Economistas O motivo pelo qual os millennials vão rejeitar Trump 16.02.2017 Jeffrey D. Sachs
As políticas económicas de Trump estão voltadas para esta América antiga, branca e que nasceu no país. Trump é favorável a cortes de impostos para os idosos ricos, o que coloca um fardo de dívida mais elevado nos mais jovens.
Sessão de Abertura Os máximos dos EUA e do ego de Trump  16.02.2017 Patrícia Abreu
As bolsas norte-americanas renovaram máximos históricos pela sétima sessão consecutiva. Um desempenho robusto sustentado pelo maior optimismo em torno da economia e pela expectativa do regresso da inflação, em 2017.
Leonel Moura Robôs no Parlamento 16.02.2017 Leonel Moura
Assembleia da República promove na próxima terça-feira um debate sobre as implicações da robótica, inteligência artificial e, em geral da automação, nas sociedades desenvolvidas.
Fernando Ilharco Elogios e elogios  16.02.2017 Fernando Ilharco
Ao querer motivar profissionais, deve de facto ser positivo; mas sobretudo deve ser-se ponderado e justo. Demais é demais e não ajuda.
Armando Esteves Pereira A nuvem passageira  16.02.2017 Armando Esteves Pereira
Sim, a redução do défice para 2,1%, como garantiu Mário Centeno, é uma boa notícia. Sabemos que foi graças à grande campanha de marketing do perdão fiscal, o famoso PERES, e ao travão ao investimento que a meta foi alcançada.
Jorge Marrão O bloqueio político  16.02.2017 Jorge Marrão
Os eleitores escolhem sempre de acordo com os seus interesses, a não ser que surjam forças políticas que mudem o interesse dos eleitores.
pub