Economistas Como negociar com a Coreia do Norte 14:00 Brahma Chellaney
A única forma de mitigar a ameaça nuclear norte-coreana, sem dar vantagem à China, é mostrar uma verdadeira liderança diplomática na garantia de um acordo de paz abrangente na península coreana.
Sessão de Abertura O que tem o petróleo a ver com a "yield" dos EUA?  08:39 Raquel Godinho
Pela primeira vez desde Janeiro de 2014, a taxa de rendibilidade das obrigações soberanas dos Estados Unidos a 10 anos atingiu os 3%, esta terça-feira.
Ontem
Jeffrey Sachs O Facebook e o futuro da privacidade online 24.04.2018 Jeffrey D. Sachs
Quintarelli, Spiekermann e os seus colegas defensores da ética online oferecem-nos um caminho prático para uma internet transparente, justa, democrática e respeitosa dos direitos pessoais.
Anteontem
André Veríssimo Política Antipopulista Comum 23.04.2018 André Veríssimo
Em Paris e Berlim, há a convicção de que se está perante a última oportunidade para combater o crescimento dos populismos extremistas, em particular em França, país sem o qual a União Europeia não existe. O próximo orçamento plurianual é uma peça-chave desse propósito.
Sessão de Abertura Quanto é que os bancos já custaram aos investidores? 23.04.2018 Raquel Godinho
Os últimos anos de crise foram sentidos de forma especialmente dolorosa no sector financeiro. Reflexo disso foram os vários aumentos de capital que as instituições financeiras se viram forçadas a fazer.
Camilo Lourenço Entre o certo (de Costa) e o incerto (de Rio)... 23.04.2018 Camilo Lourenço 201
Por este caminho vai ser muito difícil a Rui Rio convencer um eleitorado rendido ao desafogo económico proporcionado pelo Governo do PS a mudar o sentido de voto para o PSD.
Fernando Sobral A superioridade moral 23.04.2018 Fernando Sobral
Quando se deixa de confiar nos sacerdotes da democracia, o que sobra das instituições? A sua superioridade moral, a confiança, torna-os suspeitos aos olhos dos cidadãos.
Fernando Sobral A opção global chinesa 23.04.2018 Fernando Sobral
O China Evergrande Group, um dos maiores grupos imobiliários chineses, vai investir milhões de dólares na indústria "high-tech", na biotecnologia e na inteligência artificial, no seguimento das teses de Xi Jinping.  
Luís Pais Antunes A verdade dos números 23.04.2018 Luís Pais Antunes
Dizia Voltaire que a arte da medicina consiste em distrair o paciente enquanto a natureza cura a doença. Aparentemente, também na política portuguesa há quem adote o mesmo princípio. Mas ambos estão enganados: até a natureza tem os seus limites…
Jorge Marrão Um país baralhado 23.04.2018 Jorge Marrão
A política não se atreve a pôr na ordem definitivamente as finanças, a justiça, a saúde, as pensões, e a libertação da sociedade do Estado, porque tem inúmeros telhados de vidro.
Adolfo Mesquita Nunes Para vencer António Costa há que combatê-lo, não propriamente juntar-se a ele  23.04.2018 Adolfo Mesquita Nunes 573
Sabendo que não pode ganhar eleições sem o centro, e que uma excessiva aproximação a comunistas e trotskistas pode comprometer esse objetivo, o PS iniciou o seu processo de recentramento. 
José M. Brandão de Brito Tensões entre EUA e China não vão desaparecer 23.04.2018 José M. Brandão de Brito
Se a China irá assumir predomínio global ou não, só o futuro dirá. Mas há uma coisa de que podemos estar certos: os EUA, sobretudo se sob o comando de D. Trump, não irão tragar esta ambição hegemónica da China de ânimo leve.
Economistas Manter o progresso nos países em transição 23.04.2018 Cihan Sultanoğlu
Para se manter a dinâmica na prossecução dos Objectivos de Desenvolvimento Sustentável das Nações Unidas até 2030, os líderes terão de lidar com três questões-chave.
Ulisses Pereira Água mole em pedra dura 23.04.2018 Ulisses Pereira
Se a resistência dos 5.500 pontos no PSI-20 for quebrada de forma consistente, há espaço para subidas.
Ulisses Pereira Um primeiro tímido sinal de força da Nos 23.04.2018 Ulisses Pereira 24
O facto de estar num "bear market" e sem sinais de força fez com que tenha escrito pouco sobre a Nos.
Celso Filipe As três leis do imobiliário 22.04.2018 Celso Filipe 121
Neste momento, há três leis a funcionar no mercado nacional do imobiliário, a da procura, a da oferta e a da ganância. O fenómeno não é novo (lembra-se da bolha tecnológica?), mas adquire outros contornos devido ao activo em questão, as casas. E também não é um fenómeno à escala nacional.