Publireportagem Entre na rede dos seus clientes

Entre na rede dos seus clientes

O caminho da competitividade constrói-se com base em negócios visíveis, dinâmicos e inovadores.
Entre na rede dos seus clientes
Negócios 24 de Novembro de 2016 às 10:18
Nos dias de hoje, estes atributos ganham uma dimensão nunca antes alcançada, ou não fosse a Internet o maior catalisador de negócios. A flexibilidade é uma das palavras-chave no mundo de negócios actual.

Sempre ligados, os clientes seguem os sinais emitidos diariamente pelos vários canais e ser vista é uma prioridade para qualquer empresa que esteja concorrencialmente activa e envolvida com o mercado e com os seus clientes.

Uma página web, um perfil numa rede social, uma estrutura de comércio electrónico e investimentos em marketing são atualmente mecanismos fortes de desenvolvimento de negócio aos quais as empresas não podem ficar indiferentes. Os custos já não poderão ser desculpa para não dizer presente na rede, uma vez que com apenas um pequeno investimento qualquer empresa poderá garantir uma boa visibilidade nos canais online, e a qualquer momento melhorá-la de acordo com os objectivos de negócio.

Na era digital, em que a concorrência espreita a cada nó da rede, bons produtos e serviços têm de integrar outras variáveis na sua fórmula de sucesso. Garantir a proximidade dos clientes através de um elo assente em boas interacções e experiências de utilização positivas é um ponto a favor de qualquer fornecedor de produtos ou serviço que tenha no seu plano de negócios a ambição de ir mais longe.

Um passo digital à frente

As empresas nativas digitais estão aí e ganham terreno a cada dia, estimulando todas as que ainda não têm presença digital a ligarem-se à rede e a darem um passo em frente na sua rentabilidade.

E este passo já deixou há muito de ser complexo, moroso e caro. Criar um site é fácil e mais simples do que se imagina. Os gestores têm soluções chave na mão que endereçam as principais necessidades e interesses dos seus negócios, sem recorrer a grandes investimentos e com total apoio ao nível de "backoffice".

As empresas são hoje globais e a sua morada digital passa a ser um cartão-de-visita nos quatro cantos do mundo e uma ferramenta de publicidade barata que, quando bem trabalhada, poderá apresentar retornos bastante positivos. Além de divulgar produtos/serviços, um site poderá funcionar como um canal de vendas ou como meio de comunicação com os clientes e parceiros de negócio.

Para que cumpra os seus objectivos, esta morada digital deverá ser encontrada facilmente na Internet e ser multiplataforma, contemplando os bem-disseminados dispositivos móveis. Evite nomes complicados, com traços e combinações de palavras complexas.

Actualmente, quando cria uma empresa já é oferecido o registo de um domínio em .pt, no entanto, qualquer negócio pode tratar desse processo online no site DNS.pt, pagando uma taxa anual ou trianual. Ou pode deixar esse procedimento para a empresa com quem aloja o site.

"Likes" que fazem negócio

A integração do site com as redes digitais é hoje uma condição essencial para vingar na rede e, neste campo, as vantagens de disseminação da marca alcançam uma dimensão sem precedentes. O número de utilizadores portugueses de redes sociais triplicou em sete anos, para 54,8% em 2015, e um terço das empresas usa estas plataformas, segundo dados da Marktest e da IDC Portugal.

O alcance do conceito de proximidade entre marca e consumidor marca pontos nas estratégias de negócio das empresas com as redes sociais, que além dos cuidados com os conteúdos devem estar sempre atentas às movimentações do seu target social.

Com todos os canais da rede a apontar os caminhos do mercado global e da competitividade dentro e fora das fronteiras, os gestores já perceberam que uma vez iniciada esta viagem no mundo digital o único caminho é seguir em frente, porque, como diria Bill Gates, um negócio que não está na Internet não existe. Fale com a PT Empresas e coloque a sua empresa no mapa.





pub