Trading Acções da ROKU disparam 68% no dia da estreia

Acções da ROKU disparam 68% no dia da estreia

IPO da tecnológica ficou acima das expectativas.
Acções da ROKU disparam 68% no dia da estreia
Mariana Adam 29 de setembro de 2017 às 13:23

As acções da Roku, a plataforma de streaming de vídeo apoiada pela FOX, dispararam 67,9% na sua estreia em bolsa, ontem quinta-feira, dia 28 de Setembro. Esta foi a resposta dos investidores ao resultado do IPO onde a empresa arrecadou cerca de 219 milhões de dólares. Um movimento que abalou a recente acalmia dos gigantes da tecnologia em bolsa e que deve continuar hoje, já que no pré-market as acções da empresa estavam a subir perto de 8%.

A empresa norte-americana foi pioneira em ajudar os consumidores a cortar com as operadoras através da criação de aparelhos que se ligam a televisões e agregam conteúdo de 'streaming', incluindo plataformas como a Hulu e a Netflix. 

A preço máximo do IPO foi fixado em 14 dólares por acção e a empresa levantou com esta operação 219,35 milhões de dólares. As acções começaram a negociar nos 15,78 dólares e fecharam nos 23,50 dólares. Um resultado promissor especialmente tendo em conta que a empresa só teve um trimestre de lucros em dois anos de actividade e perdeu dinheiro nos últimos seis meses

"Há muitas mudanças neste sector. Até há pouco tempo se quisesse apostar no streaming havia apenas uma acção que poderia comprar: o Netflix. O mundo está a mudar ", disse ao Financial Times Kevin Landis, director de investimentos da First-Hand Capital Management.

Entre os principais accionistas a Roku conta com a Menlo Ventures, Fidelity, Twenty-First Century Fox e Rupert Murdoch.

A tendência de streaming impulsionou o crescimento da Roku - no primeiro semestre, a empresa tinha cerca de 15,1 milhões de contas activas, com cerca de 6,74 biliões de horas de conteúdo transmitido – mas ainda não a tornou lucrativa. A empresa fundada em 2002, registou prejuízo líquido de 15,5 milhões de dólares, maior do que a perda de 14,1 milhões de dólares no mesmo período do ano anterior. A empresa tem prejuízos desde que foi criada e alertou os potenciais investidores que esperava que eles ocorressem "perdas significativas no futuro" por causa dos custos de divulgação e ampliação das operações.

Conheça mais sobre as soluções de trading online da DeGiro.



Conheça mais sobre as soluções de  trading online da DeGiro.