Trading Acções da Rolls-Royce disparam quase 15% depois de anunciar plano de reestruturação de contas

Acções da Rolls-Royce disparam quase 15% depois de anunciar plano de reestruturação de contas

A fabricante britânica de motores para aviões disparou perto de 15% depois de ter anunciado um plano para equilibrar as contas da empresa. Uma das medidas para atingir o equilíbrio nas finanças da Rolls-Royce passou pelo corte 4.600 postos de trabalho.
Acções da Rolls-Royce disparam quase 15% depois de anunciar plano de reestruturação de contas
EPA
Raquel Murgeira 15 de junho de 2018 às 15:12

As acções da Rolls-Royce estão a disparar 9,06% para 96,28 libras, tendo chegado a disparar 14,47% para os 101 libras, o que corresponde ao valor mais elevado desde Maio de 2015.

Estes ganhos acentuados da fabricante britânica de motores para aviação civil e militar são registados depois de a empresa ter estimado que o  corte de 4.600 postos de trabalho iria permitir impulsionar um nível de "cash flow" superior a mil milhões de libras (1,13 mil milhões de euros). Um valor que a empresa britânica calculava atingir apenas em 2020, adiantou a Bloomberg.

A emblemática fabricante de motores para aviões quer ainda gerar cerca de uma libra por acção para o "cash flow" da empresa. Em 2017, o valor gerado era de 15 pennies por acção. Um objectivo que a empresa britânica espera atingir a curto prazo.

Este plano de reestruturação permite que a Rolls-Royce estime que, daqui a cinco anos, o "cash flow" da empresa se situe nos dois mil milhões de libras. Uma estimativa "bem acima" da previsão dos analistas da Morgan Stanley, segundo avança a Bloomberg.

Segundo Warren East, CEO da Rolls-Royce, o corte de 4.600 postos de trabalho era "necessário", numa altura em que o presidente executivo procura construir uma organização mais simples e dinâmica. A empresa britânica espera poupar 400 milhões de libras por ano até 2020.

A vaga de despedimentos será dividida em diferentes fases ao longo de três anos. A redução começa em 2018 e continua em 2019 e 2020.

"Esta mudança que estamos a fazer é absolutamente fundamental", adiantou Warren East, citado na Bloomberg. "Não é só um exercício de redução de custos. Nós queremos criar uma organização comercial que seja líder mundial assim como as nossas tecnologias", acrescentou.



Conheça mais sobre as soluções de  trading online da DeGiro.