Trading Após saída massiva, Morgan Stanley recomenda regresso dos investidores à Europa

Após saída massiva, Morgan Stanley recomenda regresso dos investidores à Europa

A banca está entre os sectores melhor colocados para subirem neste final de ano, consideram os analistas do Morgan Stanley, que realçam que as saídas de investimento dos mercados europeus estão a colocar a região subavaliada.
Após saída massiva, Morgan Stanley recomenda regresso dos investidores à Europa
EPA
Negócios com Bloomberg 03 de setembro de 2018 às 16:11

"De uma perspectiva relativa, a Europa (e a exposição europeia) parece cada vez mais atractiva", realça um relatório da Morgan Stanley, citado pela Bloomberg. "Tendo assistido à maior saída de fluxos de qualquer região nos últimos seis meses, a Europa parece mal-amada e subavaliada", acrescenta a equipa liderada por Graham Secker.

 

O relatório realça que os investidores retiraram dinheiro dos fundos de acções europeias pela 25.ª semana consecutiva, elevando para 40 mil milhões de dólares o valor total retirado da Europa desde o início do ano.

 

O Morgan Stanley considera que Itália é o principal risco para os mercados europeus, mas diz que este risco já está incorporado na maior parte das avaliações.

 

O banco de investimento está assim optimista em relação ao mercado bolsista europeu, especialmente para estes últimos meses do ano. E um dos sectores melhor colocados, na perspectiva do Morgan Stanley, é o da banca.

 

O fraco desempenho "e a subavaliação dos bancos está a chegar a um ponto extremo, apesar de alguns dos factores que tradicionalmente conduzem o sector estarem a começar a melhorar", realçam os analistas do Morgan Stanley na mesma nota de análise.



Conheça mais sobre as soluções de  trading online da DeGiro.