Trading Nike atinge máximo histórico com golo na baliza norte-americana

Nike atinge máximo histórico com golo na baliza norte-americana

A Nike disparou mais de 12% na sessão desta sexta-feira, atingindo os 81 dólares, valor nunca antes alcançado. A impulsionar esteve o crescimento na América do Norte.
Nike atinge máximo histórico com golo na baliza norte-americana
Bloomberg
Carla Pedro 29 de junho de 2018 às 21:35

A Nike encerrou a sessão desta sexta-feira, 29 de Junho, a disparar 11,38% para 79,86 dólares, depois de a meio da sessão escalar 12,97% para 81 dólares – o que constituiu um novo máximo histórico.

 

A empresa de equipamento e calçado desportivo foi impulsionada pelo anúncio de que regressou ao crescimento na América do Norte. Marcou assim um golo na própria baliza, o que, ao contrário do futebol, a beneficiou grandemente. 

 

Além disso, reviu em alta as perspectivas para as suas contas do novo ano fiscal, para o qual prevê um forte crescimento, o que ajudou ainda mais à euforia dos investidores com este título.

Pelo menos 14 analistas de Wall Street reviram em alta os seus preços-alvo para as acções da Nike na sequência dos resultados melhores do que o previsto, refere a Reuters.

A empresa reportou hoje os resultados do quarto trimestre, terminado a 31 de Março, e do ano fiscal de 2017-18. As vendas totais no período de Janeiro a Março aumentaram 13% para 9,8 mil milhões de dólares.

A focalização da empresa norte-americana – sediada no Estado de Oregon – na sua plataforma digital e o lançamento de ténis como o Air Max 270 e Epic React ajudaram a Nike a combater a concorrência das rivais alemãs Adidas e Puma, além de a terem levado a reconquistar mercado no seu país de origem.

A Nike tem estado também a beneficiar do regresso das tendências de moda dos anos 90, o que contribui para sustentar as vendas dos seus "sneakers" clássicos.



Conheça mais sobre as soluções de  trading online da DeGiro.