Trading Trader processa corretora britânica após ter ganho 10 milhões no que julgava ser uma demo

Trader processa corretora britânica após ter ganho 10 milhões no que julgava ser uma demo

Um trader francês processou a corretora britânica Valbury Capital depois desta ter bloqueado 10 milhões de euros ganhos em operações que aquele pensava terem sido executadas numa plataforma de demonstrações.
Trader processa corretora britânica após ter ganho 10 milhões no que julgava ser uma demo
Reuters
Negócios 25 de junho de 2018 às 14:41

Um trader que estava a aprender a fazer trading ganhou 10 milhões de euros através de uma plataforma que julgava ser de demonstração e agora quer receber o dinheiro obtido, segundo avança o Financial Times. 

O francês Harouna Traoré abriu uma conta no valor de 20 mil euros na corretora britânica Valbury Capital depois de ter finalizado um curso de negociação bolsista. No entanto, o francês julgava que a plataforma da Valbury Capital utilizada era apenas uma demo destinada ao treino de traders iniciantes.

Ao longo de operações que pensava serem fictícias, Traoré realizou ordens de compra e venda de futuros de acções europeias e norte-americanas no valor de mil milhões de euros, gerando perdas superiores a 1 milhão de euros. Segundo revelou ao FT, nesta fase o trader entrou em "stress" e pensava apenas no futuro da família.

O iniciante no mundo do trading continuou a efectuar operações acabando por constituir uma posição de 5 mil milhões de euros em futuros de títulos accionistas de cotadas norte-americanas, acabando por transformar perdas de 1 milhão de euros em lucros superiores a 10 milhões de euros, prossegue o FT.

Harouna Traoré entrou depois em contacto com a corretora do Reino Unido que, por sua vez, lhe comunicou que havia infringido as regras previstas no contrato e que as suas posições tinham entretanto sido "canceladas". De seguida, em Janeiro, Traoré apresentou uma queixa contra a Valbury Capital considerando que a empresa quebrou o contrato e foi negligente, exigindo ainda o pagamento dos 10 milhões de euros gerados pelas suas operações.


De acordo com o advogado da Valbury, Robert Falker, as alegações do trader gaulês serão contestadas em tribunal. Traoré terá trabalhado como analista de mercados de risco na Reuters. Como tal, a corretora britânica deverá alegar que ao contrário das garantias dadas pelo francês, Traoré detinha experiência prévia no mundo do trading como confirma o trabalho desempenhado na Reuters.



Conheça mais sobre as soluções de  trading online da DeGiro.