Saber mais Trading
Anteontem
Há 1 semana
Há 2 semanas
Há 3 semanas
Há 4 semanas
Há 1 mês
Há 1 mês e 1 semana
Há 1 mês e 2 semanas
Há 1 mês e 3 semanas
Há 1 mês e 4 semanas
16.08.2017
09.08.2017
08.08.2017
07.08.2017
19.07.2017
20.03.2017
Há 1 semana
Há 2 semanas
Há 3 semanas
Há 1 mês e 1 semana
Há 1 mês e 2 semanas
Há 1 mês e 3 semanas
Há 1 mês e 4 semanas
14.08.2017
11.08.2017
07.08.2017
04.08.2017
02.08.2017
01.08.2017
31.07.2017
28.07.2017
26.07.2017
25.07.2017
24.07.2017
20.07.2017
19.07.2017
17.07.2017
14.07.2017
12.07.2017
11.07.2017
10.07.2017
07.07.2017
05.07.2017
04.07.2017
03.07.2017
29.06.2017
27.06.2017
26.06.2017
23.06.2017
DeGiro

O seu banco provavelmente não será o melhor "broker" para si

Antes de transacionar em bolsa deverá verificar atentamente quais os "brokers" a atuar em Portugal. Para escolher um "broker" de ações, o primeiro que deverá consultar será a segurança que a entidade lhe poderá garantir. Assim que tenha descartado entidades que não cumpram os requisitados mínimos, deverá começar a selecionar quais os operadores com as comissões mais baratas. Ao fim ao cabo, as comissões poderão reduzir as rentabilidades conseguidas.

As comissões que encontra normalmente ao operar em bolsa são de compra e venda de ativos, custódia de títulos, manutenção, receção de dividendos e ações corporativas. O seu banco porventura não será o melhor "broker" para operar em bolsa, visto que normalmente este tipo de entidades cobram comissões por serviços como custódia e manutenção de títulos, receção de dividendos, ao contrário de operadores digitais que oferecem este tipo de serviços quase de maneira gratuita. A ascensão deste tipo de intermediários digitais revolucionou este setor através das comissões extremamente baixas.

O melhor para transacionar Ações Portuguesa

O mercado português de "brokers" converteu-se nos últimos anos num campo de batalha desde a chegada do "broker" holandês DEGIRO, que se apresenta como o "broker" mais barato a atuar em Portugal com umas comissões até 85% mais baratas em média que os seus concorrentes. Ainda assim, desde a chegada da DEGIRO em 2014 que várias entidades concorrentes que até agora dominavam o mercado se viram forçadas a reduzir as comissões aplicadas para evitar a perda de clientes para os "brokers" online como a mencionada DEGIRO.

O melhor "broker" para transacionar no estrangeiro

Cada vez são mais os investidores que optam por diversificar a sua carteira, investindo em valores internacionais.

Quando investe em ativos na sua bolsa nacional é fácil encontrar um "broker" que lhe ofereça acesso à sua bolsa, juntamente com um serviço de assistência ao cliente em Português. No entanto se procura aceder a bolsas mundiais, esta opção torna-se um pouco mais complicada visto que a maior parte das vezes ou não são oferecidas todas as bolsas que procura, ou as comissões que são cobradas são proibitivas. A chegada da DEGIRO a Portugal veio provocar uma mudança de paradigma. Por exemplo, transacionar nos EUA seria sempre mais caro que na Bolsa Portuguesa. O oposto acontece com a DEGIRO, visto que a comissão de 0.50€ + 0.004$ por ação acaba em alguns casos por ser mais barata que as comissões aplicadas na bolsa portuguesa. Ao pagar a variável por ação, uma operação em ações da Alphabet por um valor de 10.000€ não ultrapassa os 0.60€, uma comissão que é impensável para os concorrentes. Se o que desejar ainda assim é operar em bolsas Europeias, a mesma situação é aplicada, visto que a DEGIRO continuar a ser o "broker" mais barato com uma comissão de 4€ + 0.04%, até um máximo de 60€ por operação.

pub
pub